INTER E GALO NAS SEMIFINAIS

No Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, o time gaúcho precisava de uma vitória por 2 ou mais gols para se classificar e não deixou por menos, foi ao ataque.

Enquanto os mineiros do Galo, que jogavam pelo empate, não tiveram nem tempo de se organizarem.

Com menos de 1 minuto o Juventude abriu o placar.

Na primeira chegada do Juventude, Pará recebeu pelo lado esquerdo fez o cruzamento para a área, e Hugo Almeida subiu bonito para cabecear.

Com 32 segundos, o Juventude saiu na frente, 1 a 0.

O Galo não sentiu e foi para o ataque tentar o empate, mas o primeiro tempo quem levou a melhor foi o Juventude.

No segundo tempo, o jogo ficou lá e cá com chances para os dois lados.

O Atlético errou muito no último passe para os atacantes.

Os mineiros tiveram uma atuação muito abaixo do esperado.

O time do Juventude que poupou muitos jogadores nas semifinais do Campeonato Brasileiro da Série C, conseguiu levar a decisão para os pênaltis.

O Juventude começou cobrando com Hugo Almeida que bateu bem, deslocando o goleiro Victor.

Juventude 1 a 0.

Fábio Santos cobrou para o Atlético e empatou o jogo, em 1 a 1.

Saranduva foi para a cobrança com muita categoria marcou, 2 a 1.

Sem chances para o goleiro Victor.

Lucas Pratto foi para a cobrança e com cavadinha marcou.

A bola tocou na rede na parte de cima.

O Galo chegou ao empate.

Wallacer cobrou, mas o goleiro Victor fez a defesa.

Gabriel cobrou para o Galo e marcou, o goleiro Elias chegou a ir para o canto, e a bola foi na parede da rede.

Atlético 3 a 2.

Roberson cobrou e mais uma vez Victor fez a defesa.

Cazares cobrou e o Atlético está classificado para as semifinais.

As equipes agora volta as atenções para os campeonatos brasileiros, pela Série A, o Atlético-MG no domingo (23), contra o Figueirense pela trigésima segunda rodada, às 19h30, no Estádio Independência.

E o Juventude enfrenta o Boa Esporte, no sábado (22) pelas semifinais às 21 horas, no Estádio Municipal de Varginha.

Final, Juventude-RS eliminado 1 (2) Atlético-MG classificado 0 (4).

No Beira-Rio, o Internacional motivado pela vitória frente ao Flamengo, enfrentou o Santos.

O Colorado precisava de uma vitória simples.

E o Santos jogava pelo empate.

Aos 9 minutos do primeiro tempo, cobrança de escanteio de Alex pelo lado esquerdo, Aylon cabeceou sem chances para o goleiro Vanderlei que foi nela, mas não evitou o gol.

Internacional 1 a 0.

Após o gol, o jogo ficou de muito estudo, e pressão.

O Santos só não conseguiu o empate pela grande atuação do goleiro Danilo Fernandes.

No segundo tempo, o Inter ficou na defesa, mas o Santos pouco ameaçou.

O Inter assustou numa girada do zagueiro Ernando que acertou o travessão.

O goleiro Vanderlei apenas torceu, ficou parado.

Aos 42 minutos do segundo tempo, contra-ataque com Eduardo Henrique que abriu pelo lado direito deu um passe para Eduardo Sasha, que tocou por cobertura na saída do goleiro Vanderlei.

Inter 2 a 0.

O Santos foi para o abafa tentando o gol que levaria a decisão para os pênaltis.

Com muitos reservas o Inter levou a classificação.

As duas equipes voltam a campo no final de semana o Internacional joga contra o Grêmio, às 17 horas, na Arena do Grêmio, e o Santos enfrena a Chapecoense, na Arena Condá, às 19h30, no domingo (23).

Final, Internacional-RS classificado 2 Santos-SP eliminado 0.

Atlético-MG e Internacional se enfrentam nas semifinais.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *