HEPTA DO TIMÃO!!!

O Corinthians é heptacampeão brasileiro!

Na noite desta quarta-feira (15), o Timão, que lidera a competição desde a quinta rodada, confirmou seu sétimo título ao vencer o Fluminense por 3 a 1, de virada.

Foi a primeira vez nesta edição que o time paulista conseguiu triunfar depois de sair em desvantagem. Henrique abriu o placar para os cariocas logo no primeiro minuto, mas Jô fez dois gols em três minutos no começo do segundo tempo e mudou a história da partida Jadson fez o terceiro na reta final.

Vasco e Atlético-MG fizeram um excelente jogo em São Januário.

O Cruzmaltino foi melhor na primeira etapa, criando as melhores oportunidades e abrindo o placar com Andrés Ríos, de cabeça.

No segundo tempo, o Galo voltou melhor, pressionando muito até marcar o gol de empate, com Fred.

O 1 a 1, definitivamente, não diz o que foi a partida.

Foram mais de 30 finalizações, cinco bolas na trave e um detalhe importante: uma atuação espetacular do goleiro Victor no segundo tempo, fazendo várias defesas difíceis e salvando o time mineiro.

Vasco e Galo seguem na briga pela Libertadores.

Os cariocas estão mais próximos.

O Tricolor, por sua vez, segue ameaçado pelo rebaixamento.

Com as finais da Libertadores no horizonte, o Grêmio se permitiu realizar um teste de luxo.

Com força máxima, teve boa atuação e conseguiu vencer o São Paulo por 1 a 0 na Arena, em jogo válido pelo Brasileirão.

O único gol da partida foi anotado pelo zagueiro Kannemann, quase sem querer, ao aproveitar rebote de Sidão.

No final do jogo, Marcelo Grohe comprovou a grande fase e garantiu o triunfo.

Lutar contra o rebaixamento requer uma dose de superação na reta final do Brasileiro, como demonstrou o meia Danilo Barcelos, que fez os dois gols da vitória da Ponte Preta sobre o Atlético-PR por 2 a 1, no Moisés Lucarelli.

O jogador era dúvida até última hora em razão de uma gripe forte, mas bateu o pé para jogar e resolveu a partida.

O primeiro gol veio no primeiro tempo junto com muito choro e emoção do jogador.

No segundo tempo ele estava lá ele para fazer o segundo em uma cabeçada para as redes e definir o placar.

O Atlético-PR ainda descontou com Sidcley também no segundo tempo.

A grave lesão no joelho direito, após um dividida com o uruguaio Maurício Lemos, durante o Pan-Americano de 2015, fez ele esperar 912 dias para voltar a jogar com a camisa do Cruzeiro.

Em seu retorno aos gramados, após dois anos e meio, Judivan, entretanto, não precisou nem de cinco minutos para fazer o que mais gosta: gols.

O atacante, em seu primeiro jogo após a recuperação, estava garantindo a vitória do Cruzeiro por 2 a 1 sobre o Avaí, de virada, no Mineirão.

Entretanto, aos 47 minutos do segundo tempo, Júnior Dutra recebeu na área e acabou com a festa no Gigante da Pampulha, deixando tudo igual.

O outro gol cruzeirense foi marcado por Thiago Neves, que se tornou o artilheiro da equipe na temporada com 16 gols.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *