GRANDES JOGOS E MUITOS GOLS

Jogando em Barranquilla sob o forte calor, Colômbia e Chile se enfrentaram.

Os colombianos estavam animada pelo retorno de Falcao García após mais de um ano de ausência, mas não tratou a bola com carinho.

Nem mesmo James Rodríguez, de quem se espera muito, brilhou.

No fim, após 102 minutos contabilizando os acréscimos, o empate por 0 a 0 soou justo no jogo que abriu a décima primeira rodada das eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo de 2018.

Final, Colômbia 0 Chile 0.

No Estádio Centenário, em Montevidéu, o Uruguai conseguiu uma grande vitória frente ao Equador.

Aos 12 minutos do primeiro tempo, cobrança de escanteio Coates meio de barriga, meio de quadril desviou a bola e colocou no canto do goleiro Dreer.

Uruguai 1 a 0.

Aos 44 minutos do primeiro tempo, Ibarra engatou a quinta marcha e puxou contragolpe desde o campo defensivo, deixou o marcador para trás e rolou para Caicedo.

O atacante, já dentro da área, dominou e bateu cruzado de esquerda, no canto de Muslera.

O Equador chegou ao empate.

Aos 45 minutos do primeiro tempo, Diego Rolán escorou um cruzamento de Carlos Sánchez dentro da pequena área e colocou o Uruguai novamente na frente.

Final, Uruguai 2 Equador 1.

Sem chances de classificação para o Mundial, a Venezuela venceu com tranquilidade a Bolívia.

Aos 2 minutos do primeiro tempo, De cabeça, o atacante Kouffati abre o placar para o time da casa.

Venezuela 1 a 0.

Aos 9 minutos do primeiro tempo, Josef Martínez, também de cabeça, após cobrança de escanteio marcou.

Venezuela 2 a 0.

Aos 24 minutos do segundo tempo, Josef Martínez ampliou para três a zero.

Foi o segundo gol dele no jogo.

Venezuela 3 a 0.

Aos 28 minutos do segundo tempo, Otero faz o quarto gol da Venezuela sobre a Bolívia.

Venezuela 4 a 0.

E aos 36 minutos do segundo tempo, Villanueva fechou o placar.

Final, Venezuela 5 Bolívia 0.

Em Assunção, o Paraguai até saiu na frente, mas sofreu uma virada com goleada para a seleção peruana.

Aos 10 minutos do primeiro tempo, Santander fez a jogada individual pelo lado esquerdo, evitou a saída pela linha lateral e pela linha de fundo e tocou para Riveros, que ajeitou e acertou um belo chute para fazer 1 a 0.

Aos 3 minutos do segundo tempo, Yotún cobrou a falta do lado esquerdo, Christian Ramos subiu totalmente livre na área e cabeceou com estilo para empatar o jogo em 1 a 1.

Aos 25 minutos do segundo tempo, Cueva pressionou a saída de bola, o Peru recuperou no campo de defesa.

Cueva puxou o contra-ataque, deu um belo drible em Moreira e tocou para Edison Flores chutar com o goleiro batido.

Peru 2 a 1.

Aos 33 minutos do segundo tempo, lançamento longo, Cueva chegou nas costas da defesa, o goleiro Diego Barreto cortou em um primeiro momento, árbitro não marcou mão após a bola bater no braço do peruano, que pegou a sobra, passou pelo goleiro e chutou para marcar.

Peru 3 a 1.

Aos 38 minutos do segundo tempo, depois da cobrança de escanteio, Tapia desviou na primeira trave, Diego Barreto fez grande defesa, mas Edison Flores recuperou a bola na sobra, cruzou rasteiro, e Edgar “Pájaro” Benítez desviou contra o próprio gol para fazer o quarto.

Final, Paraguai 1 Peru 4.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *