GOLEADA RUBRO-NEGRA

Em momento turbulento na temporada, o Flamengo não deu margens para um vexame na Ilha do Urubu.

Nesta quarta-feira (9), no primeiro jogo após a demissão de Zé Ricardo e com Jayme de Almeida no comando o Rubro-Negro, em ritmo de treinamento, comemorou por dois motivos: a equipe fez fez 5 a 0 no Palestino e garantiu vaga nas oitavas da Sul-Americana.

Além disso, Vinicius Junior, joia da base, fez, enfim, o primeiro gol como profissional. Felipe Vizeu, Geuvânio, Éverton Ribeiro e Willian Arão definiram o marcador.

Na próxima fase, o Flamengo encara a Chapecoense.

Antes da competição internacional, as atenções são voltados ao Campeonato Brasileiro.

Neste domingo (13), às 16 horas (de Brasília), o Rubro-Negro pega o Atlético-MG, no Independência, na rodada de abertura do segundo turno.

Foi um início de primeiro tempo avassalador.

Com grande vantagem no duelo, o Flamengo deu a bola ao Palestino e jogou nos erros do Palestino.

Eles vieram duas vezes em sequência.

Aos 4 minutos do primeiro tempo, Arão bateu livre da entrada da área, e Felipe Vizeu desviou no meio do caminho para abrir o placar.

Cinco minutos depois, aos 9 minutos do primeiro tempo, Everton puxou contra-ataque pela esquerda e cruzou na medida para Geuvânio, que mergulhou para marcar pela primeira vez com a camisa rubro-negra.

O resultado, que já praticamente selava a classificação, ficou ainda mais elástico antes do intervalo.

Geuvânio, com passe de categoria, achou Éverton Ribeiro nas costas da marcação para ampliar.

Foi o quarto do meia com a camisa do Flamengo.

Willian Arão, em novo cruzamento de Everton, testou para fechar o placar ao fim dos 45 minutos.

Se a segunda etapa não tinha apelo pela larga vantagem no marcador, Vinicius Junior mudou o panorama.

Após 25 minutos pouco movimentados, o garoto de 17 anos entrou na partida e, no primeiro toque na bola, desencantou pelos profissionais.

O camisa 20 recebeu na frente, cruzou para Berrío e aproveitou a sobra na grande área para bater de direita e balançar a rede do goleiro Dario Melo e dar números finais ao jogo: 5 a 0, aos 27 minutos do segundo tempo.

Vinicius Junior demorou, mas, enfim, soltou o grito e mostrou o sorriso após o primeiro gol como profissional pelo Flamengo.

A bola na rede aos 27 minutos do segundo tempo contra o Palestino o quinto do Rubro-Negro no jogo acabou com o jejum.

Foram necessários 16 jogos, pouco mais de 405 minutos em campo. Negociado com o Real Madrid,

Geuvânio teve dois tempos distintos na Ilha.

Na primeira etapa, o meia-atacante ganhou destaque pela recomposição na marcação e, assim como Vinicius Junior, marcou o primeiro gol pelo Flamengo.

No segundo tempo, porém, deixou o gramado sentindo dores.

O jogador voltou de lesão na partida contra o Vitória, no fim de semana.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *