GOLEADA RUBRO-NEGRA

Teve susto e goleada.

A quarta-feira (5) parecia tranquila até o início do segundo tempo, mas os 45 minutos finais da partida de ida da segunda fase da Sul-Americana, entre Flamengo e Palestino, no San Carlos Apoquindo, em Santiago, no Chile, tiraram o sono de quem assistia.

O Rubro-Negro, muito melhor do que o adversário – estreante na temporada, inclusive, venceu por 5 a 2 com gols de Réver, Rafael Vaz, Leandro Damião, Berrío e Éverton Ribeiro.

O zagueiro e o meia marcaram seus primeiros gols com a camisa do Flamengo.

Rafael Vaz, aproveitando um escanteio desviado por Leandro Damião, teve muito pouco trabalho para fazer o quarto gol rubro-negro.

Éverton Ribeiro, por sua vez, sofreu e bateu pênalti com categoria para fechar o placar no San Carlos Apoquindo.

Com a vitória, o Flamengo pode perder por até 3 a 0 no jogo de volta, no Rio de Janeiro, já que fez cinco gols fora de casa.

O Flamengo não soube aproveitar a superioridade nos primeiros 45 minutos de jogo.

O Palestino fazia sua estreia na temporada diante do Rubro-Negro e estava longe da forma ideal, tanto física quanto técnica.

O time comandado pelo técnico Zé Ricardo, porém, apostava em só uma jogada: cruzamentos para o atacante Leandro Damião, que desperdiçou uma chance e não alcançou a bola em outro lance, além de sequer ter tido a chance de finalizar em outras oportunidades.

Fato é que a falta de entrosamento dos rubro-negros, com equipe mista, atrapalhou bastante.

Se faltou emoção no primeiro tempo, o segundo começou muito, mas muito mesmo, diferente.

Em só 14 minutos e 37 segundos, Flamengo e Palestino se dividiram à frente do placar.

O Rubro-Negro saiu na frente, mas logo levou a virada dos donos da casa.

A vantagem dos chilenos, porém, não durou: Berrío e Leandro Damião logo deixaram os visitantes no lugar em que o favoritismo previa.

Com tantas viradas, a tática ficou um pouco de lado, e o Flamengo goleou em contra-ataques certeiros.

Por fim, 5 a 2.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *