GOLEADA DO SOL DE AMÉRICA

Com boa vantagem conquistada na partida de ida, o Sol de América massacrou o Estudiantes de Caracas por 7 a 1 nesta quarta-feira (31) no Estadio Luis Alfonso Giagni, em duelo válido pela primeira fase da Copa Sul-Americana.

O grande destaque do jogo foi o atacante Isaac Díaz, autor de três gols na noite.

Como havia conquistado o triunfo por 3 a 2 na Venezuela, o clube paraguaio se classificou para a próxima fase da competição, e aguarda sorteio para saber seu próximo adversário.

Além de Díaz, os autores dos gols do Sol foram Giménez, Duré e Rojas, duas vezes. Silva descontou para os visitantes.

Os mandantes abriram o placar logo aos seis minutos de partida.

O zagueiro Flores falhou feio na tentativa de fazer o corte, e Giménez ficou cara a cara com o Forero.

O goleiro do Estudiantes até conseguiu tocar na bola, mas não impediu o o encontro da redonda com as redes.

Três minutos depois, o juiz marcou pênalti para o Sol de América. Díaz bateu no meio e venceu o goleiro.

Ainda cabia mais antes dos 15 minutos iniciais.

Edgar Silva tentou o levantamento para a grande área, a bola passou por todo mundo, e morreu no fundo do gol.

Aos 31 minutos da etapa incial, Rojas fez o terceiro para o Sol em chute cruzado rasteiro.

E teve tempo de Díaz marcar o seu segundo na partida, em cabeçada após cobrança de escanteio.

A esperança de tentar a reação do Estudiantes após o intervalo não durou nem quatro minutos.

Rojas e Díaz marcaram logo no retorno do intervalo em novos erros grosseiros da defesa venezuelana.

Com a vaga garantida, o Sol diminui o ritmo, mas não deixou de marcar.

Aos 30 minutos da etapa final, Marcos Duré completou o cruzamento da direita e fez o sétimo.

Huracán marca no último minuto e garante vaga após perder por 3 a 0 na ida.

O Huracán conquistou uma virada improvável nesta quarta-feira (31).

Após perder por 3 a 0 para o Deportivo Anzoátegui na partida de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana, o clube argentino aplicou 4 a 0, com direito a gol de Gamarra aos 47 minutos do segundo tempo.

Os outros três foram feitos por Mendoza, Briasco e Cuomo.

Confira os resultados de terça-feira (30):

Universidad de Quito (Equador) 3 X 1 Club Petrolero (Bolívia) – Universidad de Quito (Equador) – Classificada

Defensor (Uruguai) 1 X 2 LDU (Equador) – LDU de Quito (Equador) – Classificada

Patriotas (Colômbia) 1 X 0 Everton Chile (Chile) (PK 4-3) – Patriotas (Colômbia) – Classificada

E os de quarta-feira (31):

Huracán (Argentina) 4 X 0 Deportivo Anzoátegui (Venezuela) – Huracán (Argentina) – Classificada

Alianza Lima (Peru) 0 X 1 Independiente (Argentina) – Independiente (Argentina) – Classificada

Fuerza Amarilla (Equador) 2 X 0 O’Higgins (Chile) – Fuerza Amarilla (Equador) – Classificada

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *