GALO, PALMEIRAS, SÃO PAULO E PONTE EMPATARAM, E O VASCO VENCEU

A vigésima terceira rodada do Campeonato Brasileiro foi iniciada na tarde deste sábado (9).

No Independência, em Belo Horizonte, o Atlético-MG recebeu o Palmeiras-SP.

A partida terminou empatada em 1 a 1.

Deyverson balançou a rede pelo Verdão e Fábio Santos anotou o gol do Galo.

Com este resultado, o Alviverde foi a 37 pontos e continua na quarta colocação.

O time mineiro chegou a 30 e está no décimo lugar.

O duelo teve muitas chances de gol.

A primeira veio aos 27 minutos do primeiro tempo, quando o Atlético teve um pênalti para cobrar. Fred foi para a bola e parou na defesa do goleiro Fernando Prass.

Aos 33 minutos do primeiro tempo, o Palmeiras teve a primeira oportunidade.

E marcou logo de cara.

Em contra-ataque rápido, Moisés passou para Willian na esquerda, o atacante driblou Leonardo Silva e serviu para Deyverson bater rasteiro na saída do goleiro Victor.

Seis minutos mais tarde, aos 39 minutos do primeiro tempo, novo pênalti para o Galo, que acabou rendendo a expulsão do zagueiro palmeirense Luan.

Desta vez, Fábio Santos cobrou e acertou o ângulo para deixar tudo igual.

Na etapa final, logo aos 11 minutos do segundo tempo, mais uma penalidade, agora favorável os paulistas.

Deyverson foi para a bola e parou em Victor.

A partir daí, o Atlético passou a dominar o jogo e, na marca dos 32 minutos do segundo tempo, viu o adversário perder mais um atleta expulso, o atacante Willian.

Mesmo assim, o Galo não conseguiu aproveitar a superioridade numérica para vencer e o resultado terminou com o empate.

O Atlético-MG volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo (17), diante do Avaí, na Ressacada.

O Palmeiras atua novamente na competição contra o Coritiba, na segunda-feira (18), no Pacaembu.

Mais dois jogos da vigésima terceira rodada do Campeonato Brasileiro foram disputados neste sábado (9).

No Rio de Janeiro, o Vasco-RJ recebeu o Grêmio e venceu por 1 a 0.

Com o triunfo, o Cruzmaltino ganhou seis posições na tabela e chegou ao G-6 da competição.

No Morumbi, o São Paulo-SP recebeu a Ponte Preta-SP e empatou em 2 a 2.

O Tricolor segue em situação complicada, na zona de rebaixamento do Brasileirão.

Em São Januário, o Vasco conseguiu o triunfo no retorno ao estádio.

Matues Vital marcou na segunda vitória seguida do Vasco no Brasileirão. (CBF.com.br)
O técnico Zé Ricardo, estreando na equipe, adotou a postura de atacar apenas nos contra-ataques.

Com uma defesa bem postada, o Cruzmaltino praticamente não sofreu sustos e, quando conseguiu encaixar um contra golpe rápido, garantiu os três pontos.

Aos 42 minutos do primeiro tempo, Nenê levou a bola pelo meio e abriu para Ramon na esquerda.

O lateral cruzou na área e encontrou Mateus Vital, livre, que entrou de carrinho e balançou a rede.

Na etapa final, o time carioca controlou bem a vantagem e segurou o resultado positivo.

O Vasco foi a 31 pontos com o triunfo e assumiu o sexto lugar.

O Grêmio tem 43 pontos e é o segundo colocado.

No Morumbi, o São Paulo recebeu a Ponte Preta e chegou a abrir 2 a 0.

Hernanes, em uma linda cobrança de falta, abriu o placar, na marca de 34 minutos do primeiro tempo.

Bruno Alves, aos 12 minutos do segundo tempo, aproveitou falha do goleiro Aranha para ampliar.

Quando o triunfo do Tricolor já parecia encaminhado, a Ponte Preta descontou aos 19 minutos do segundo tempo, com Danilo Barcelos cobrando pênalti, e evitou a derrota aos 30 minutos do segundo tempo.

Léo Gamalho aproveitou cruzamento na área e subiu sozinho para deixar tudo igual.

Com o resultado, o São Paulo segue em situação bem complicada na tabela de classificação, no décimo nono lugar, com 24 pontos.

A Macaca tem 28 e está no décimo terceiro lugar.

Reportagem: CBF.com.br

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *