Fórmula 1 sem brasileiros

emmo

No momento, o Brasil corre um sério risco de ficar sem um piloto brasileiro. Felipe Massa antecipou a sua equipe e anunciou que não será o piloto da Ferrari em 2014. Kimi Raikonnen, ao que tudo indica, deve ser o novo piloto da italianada insandecida.

De 1970 até o GP do Brasil desse ano, o Brasil sempre teve pilotos no Mundial de Fórmula 1. Era gênios como, Senna, Piquet e Emerson Fittipali, pilotos que não eram grandes pilotos mas tiveram seu papel, como Rubens Barrichelo, Wilson Fittipaldi e Roberto Pupo Moreno além dos menos cotados, tipo Maurício Gugelmin (que era garoto propaganda da Sadia), Luciano Burti e Pedro Paulo “papai pagou a vaga na Forti Corsi” Diniz.

Massa já havia adiantado antes que só fica na Fórmula 1 se for pra disputar vitórias e títulos. Claro que isso dependendo do carro dele, não dele, que não tem mostrado tanta capacidade de brigar por vitórias e títulos, desdo o tal fo “is faster than you”. Posto isso, sobra uma possibilidade da vaga de Kimi na Lotus, a Sauber, a Willians e talvez a McLaren e a Toro Rosso.

Piloto novo só o outro Felipe, o Nasr, que corre na GP2 e deve, mais cedo ou mais tarde, conseguir uma vaga. Nasr briga entre essas opções aí em cima, mais aquelas nanicas que ninguém sabe pra que servem na verdade, tipo a Catherham.

Caso se confirme a falta de pilotos brasileiros na F1, estarão de parabéns todos os envolvidos na estrutura do esporte brasileiro. Os mesmos que deixaram Jacarepaguá desaparecer e não haver nenhuma categoria decente de monopostos no Brasil. Só temos a tal da Estoque, que não é lá essas coisas.

Enfim, se nenhum brasileiro alinhar no grid, parabéns pra eles.

, ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *