FORA DOS JOGOS PAN-AMERICANOS DE 2019

Agora, não é mais preciso fazer contas mirabolantes ou criar expectativas distantes da realidade.

A seleção brasileira masculina de basquete está fora dos Jogos Pan-Americanos de 2019, em Lima, algo inédito em sua história.

A perda da vaga foi o resultado final de uma situação financeira crítica da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), que enfrentou uma suspensão da Federação Internacional (FIBA), e da campanha ruim no Grupo A da Copa América, disputado em Medelin, na Colômbia.

A tragédia para o basquete brasileiro foi sacramentada com os resultados Grupo B e C da Copa América, disputados em Baía Blanca e Montevidéu, respectivamente, nesta terça-feira (29).

Os sete primeiros colocados da competição se classificam para o Pan, onde se juntarão ao Peru, sede dos Jogos de 2019.

Para piorar, há semana, a medalha de ouro conquistada em 1987, com um triunfo histórico sobre os Estados Unidos, completou 30 anos.

A vitória do Canadá por 75 a 66 sobre a Venezuela não só classificou Ilhas Virgens no Grupo A para a fase final da competição, que será disputada em Córdoba, na Argentina, como acabou com as chances do Brasil de jogar o Pan de 2019.

Canadenses e venezuelanos também correm risco de não conseguir vaga para a competição em Lima.

A Argentina já estava classificada por ser a sede da fase final.

O México também garantiu seu lugar por vencido o Grupo A, em Medelin.

No Grupo C, Estados Unidos e República Dominicana definem a última vaga para Córdoba nesta quarta-feira (30), às 18 horas (de Brasília), com os americanos podendo perder por até sete pontos.

Os dominicanos precisam vencer por 10.

Os uruguaios terão que torcer por uma derrota dos Estados Unidos entre oito e nove pontos e depois bater o Panamá, às 20h30 (de Brasília) para se classificar.

Na sua campanha na Copa América, o Brasil venceu a Colômbia, em sua estreia, ainda assim por apenas dois pontos.

Depois, perdeu para México e Porto Rico e ainda precisou conviver com uma crise envolvendo Bruno Caboclo, que se recusou a entrar em quadra no segundo quarto contra os mexicanos e foi afastado.

O Brasil já havia feito uma péssima campanha na Copa América feminina.

Na competição, a seleção ficou na quarta colocação, perdendo a disputa do terceiro lugar para Porto Rico, e não conseguiu uma das três vagas na Copa do Mundo de 2018, que será na Espanha.

Pelo menos, classificou-se para os Jogos Pan-Americanos de 2019, que teve o mesmo critério de distribuição do masculino.

Resultados desta terça-feira:

Grupo B – Baía Blanca

Canadá 75 X 66 Venezuela

Grupo C – Montevidéu

Estados Unidos 74 X 66 Uruguai

República Dominicana 86 x 64 Panamá

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *