FIFA RESERVAS RECEITAS DA COPA PARA ENFRENTAR JUSTIÇA E MULTAS

A FIFA está reservando um total de 261 milhões de dólares (cerca de 815 milhões de reais) obtidos como renda da Copa do Mundo de 2014 no Brasil para enfrentar uma série de processos e pagar pesadas multas que corre o sério risco de receber em diferentes tribunais.

Diante da dificuldade em conquistar novos contratos de patrocínio, analistas que fizeram um “pente fino” nas contas da FIFA nos últimos anos, apontaram que será essa reserva acumulada, ainda pelo torneio no Brasil, que pode salvar a entidade da falência, caso seja condenada.

Os dados fazem parte do informe financeiro da entidade que, pela primeira vez, revela detalhes sobre as pendências que a FIFA ainda tem com fornecedores no Brasil, com advogados, disputas sobre ingressos, impasses com fornecedores e mesmo com casos de corrupção.

Os detalhes não são revelados pela entidade sobre em quais casos terá de arcar com multas ou penalidades.

Os valores são mantidos para “cobrir vários assuntos legais com relação aos negócios centrais da Fifa“.

“Nenhuma informação pode ser dada por enquanto, já que disputas legais são assuntos sensíveis”, indicou o informe da entidade.

A Fifa aponta que reservas são feitas e “reconhecidas” quando “uma obrigação surge de um evento passado”.

“É provável que a Fifa seja exigida a pagar essa obrigação e uma estimativa confiável pode ser feita sobre o valor dessa obrigação”.

Reportagem: Veja.abril.com.br

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *