Festa lusitana

A vitória de Portugal sobre Luxemburgo por 3 a 0, nesta sexta-feira (11), ficou em segundo plano no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

A certa altura da partida, com a vitória assegurada, as atenções da torcida se voltaram totalmente para o astro Cristiano Ronaldo.

Ao encobrir o goleiro Moris e fazer o segundo gol português, aos 19 minutos do segundo tempo, CR7 chegou a 699 gols na carreira em jogos oficiais, por clubes e seleção.

Começava ali uma corrida contra o tempo: o atacante queria alcançar a marca histórica de 700 gols no mesmo estádio onde marcou o primeiro, há 17 anos, pelo Sporting.

Na meia hora final de jogo, ele tentou de cabeça, na saída do goleiro, sofreu pênalti não marcado pelo árbitro… mas não deu.

A próxima chance será segunda-feira (14), contra a Ucrânia, fora de casa, também pelas eliminatórias da Euro.

Com a vitória, além de CR7, marcaram Bernardo Silva e Gonçalo Guedes, Portugal chegou a 11 pontos, na segunda colocação do grupo B das eliminatórias, atrás da Ucrânia, que venceu a Lituânia por 2 a 0 e foi a 16 pontos.

As duas melhores seleções de cada grupo se classificam para a Euro, e a terceira colocada no grupo B é a Sérvia, com 7 pontos.

Cristiano Ronaldo, Bernardo Silva e Gonçalo Guedes fizeram os gols de Portugal.

Foi duro, mas a França conseguiu quebrar o gelo na Islândia.

Jogando contra uma dura retranca desde o início do jogo, o time de Griezmann sofreu para criar, principalmente na primeira etapa.

Contudo, no segundo tempo, o meia do Barcelona foi derrubado dentro da área: pênalti.

Giroud bateu com segurança e fez o gol do jogo.

A partir dai, a partida ficou mais aberta, e os franceses tiveram mais espaços.

Se não fosse o goleiro Halldorsson, o placar teria sido mais elástico.

Com o resultado, a França fica empatada com a Turquia no primeiro lugar do Grupo H, com 18 pontos em sete rodadas. Já a Islândia permanece estacionada nos 12.

República Tcheca vira sobre a Inglaterra e dá passo importante rumo à Eurocopa.

Equipes ficam com a mesma pontuação na ponta do grupo A das eliminatórias.

Ucrânia, Portugal, Turquia e França também seguem com boas vantagens em suas chaves

A Inglaterra entrou em campo contra a República Tcheca nesta sexta-feira (11), em Praga, com a oportunidade de assegurar antecipadamente a vaga na Eurocopa 2020.

Em caso de vitória, os ingleses disparariam na liderança do grupo A das eliminatórias e só poderiam ser alcançados por uma das seleções da chave.

Mas não foi o que aconteceu.

Jogando em casa, os tchecos saíram atrás logo no começo, com gol de pênalti de Harry Kane, mas buscaram o empate ainda antes dos 10 minutos do primeiro tempo, com Brabec, e conquistaram a virada aos 40 minutos do primeiro tempo, com Ondrasek. 2 a 1 e passo importante para alcançar a classificação.

A República Tcheca chegou aos mesmos 12 pontos da Inglaterra, mas tem um jogo a mais que os ingleses e ocupa a segunda colocação por conta dos critérios de desempate.

Os tchecos ainda têm pela frente um confronto direto em casa com o Kosovo, que ocupa a terceira posição com 8 pontos e ainda enfrenta a líder.

No outro jogo do grupo, Montenegro e Bulgária não saíram do zero e não têm mais chances matemáticas de classificação.

As líderes da chave dispararam ainda mais na ponta.

Primeira colocada com 16 pontos, a Ucrânia não teve muita dificuldade para vencer a Lituânia em casa, com dois gols de Malinovskiy.

Portugal, por sua vez, segue firme na vice-liderança e abre quatro pontos de vantagem para Sérvia, que ocupa o terceiro lugar (11-7).

Os ucranianos estão muito perto da Euro-2020 e precisam de apenas mais um ponto para assegurarem vaga.

E mesmo que não pontuem mais, apenas uma goleada desastrosa por mais de cinco gols de diferença para a Sérvia, na última rodada, tiraria a seleção, já que o primeiro critério é o confronto direto e a Ucrânia goleou por 5 a 0 pela terceira rodada.

Com gol de Tosun no finzinho, a Turquia manteve-se na ponta com os mesmos 18 pontos da França, que venceu a Islândia fora de casa, com gol de pênalti de Giroud.

Os islandeses seguem na terceira colocação, agora a seis pontos das duas seleções que vão garantindo vaga na próxima Euro.

No duelo dos lanternas, a Andorra bateu a Moldávia e ganhou a posição da adversária.

Confira os resultados desta sexta-feira, 11 de outubro, pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2020 (Fase de Grupo s- Sétima Rodada):

Grupo A:

República Tcheca 2 X 1 Inglaterra

Montenegro 0 X 0 Bulgária

Grupo B:

Ucrânia 2 X 0 Lituânia

Portugal 3 X 0 Luxemburgo

Grupo H:

Turquia 1 X 0 Albânia

Islândia 0 X 1 França

Andorra 1 X 0 Moldávia

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *