Eurowsky Copaschenko (19)

Imagem

Pois é, ontem não teve Euro e não teve post, tava na hora de umas férias conjugais com a Copa América que deu certo, agora temos as famosas semifinais, que separaram os homens dos homens mesmo mais o Cristiano Ronaldo, o qual eu não ponho a minha mão no fogo no quesito ser homem, muito menos homem de verdade. Amanhã tem o clássico ibérico.

Espanha x Portugal:

O jogo coloca em jogo duas Euros e uma Copa do Mundo, todas da Espanha. Os espanhóis, goste eu ou não, são o time a ser batido no mundo, a melhor equipe disponível na teoria e além de tudo tem jogadores absolutamente fantásticos. Xavi, Iniesta e Xabi Alonso são monstros, podem decidir um jogo, junto com outros belíssimos jogadores formam uma das melhores seleções de todos os tempos. Tudo muito lindo, tudo muito maravilhoso, mas precisa provar isso tudo em campo, senão vira o quadrado mágico do Parreira.

Portugal não tem muito segredo, é mais ou menos o esquema de um time da minha cidade nos anos 60: “apertou, toca pro cara, que o cara resolve”. Portugal vai fazer isso o jogo todo. Cristiano Ronaldo vai definir o que Portugal vai fazer na Euro, está definindo, vai continuar.

Cristiano Ronaldo tem a chance da vida dele de ser o cara na era Messi uma última vez, basta vencer a Espanha. Se Portugal vencer, CR7 toma a bola de ouro do Messi uma vez na vida (aliás, o jogo de hoje reúne um troféu de melhor do mundo, todos de Portugal). Espanha vai seguir burocrática e tocando a bola, CR7 salva e garante o 1 x 0 Portugal.

, , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *