ESTUDIANTES NA FRENTE

O Estudiantes suportou a pressão do Nacional e a altitude de mais de 4 mil metros acima do nível do mar em Potosí e venceu o time boliviano por 1 a 0, em jogo de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana, na noite desta quinta-feira (13).

A expulsão do zagueiro Edson Pérez, do Nacional, aos 25 minutos da segunda etapa, ajudou os argentinos a conquistarem o resultado.

O gol da vitória foi marcado aos 35 minutos do segundo tempo.

Depois de cruzamento da esquerda, o jovem meia Lucas Rodríguez, de 20 anos, aproveitou rebote na pequena área e empurrou para as redes para garantir o triunfo do Estudiantes, que está no torneio por ter sido o terceiro colocado no Grupo 1 da Libertadores.

O Nacional Potosí passou pelo Sport Huancayo, do Peru, na primeira fase da Sul-Americana.

O segundo duelo entre as duas equipes será no dia 3 de agosto, em La Plata, na Argentina.

O Estudiantes pode empatar que estará classificado.

Uma vitória dos bolivianos por 1 a 0 leva a decisão por pênaltis.

Caso vença por um gol de diferença, mas marcando dois ou mais gols (2 a 1, 3 a 2, etc), o Nacional avança.

O vencedor do confronto encara Nacional (Paraguai) ou Olímpia, que empataram por 1 a 1 no jogo de ida.

Em clássico colombiano pela segunda fase da Copa Sul-Americana, Deportivo Cali e Junior Barranquilla empataram por 1 a 1 na noite desta quinta-feira (13), em Cali, no jogo de ida do confronto.

O segundo duelo acontece no dia 3 de agosto, no Estádio Metropolitano de Barranquilla.

Os donos da casa dominaram a primeira etapa.

Criaram várias chances, mas só marcaram com o meia Benedetti, aos 37 minutos do primeiro tempo, em rebote dentro da área.

Na segunda etapa, o panorama mudou.

Mesmo com a expulsão de Balanta, aos 18 minutos do segundo tempo, o Junior Barranquilla foi melhor.

E chegou ao empate aos 29 minutos do segundo tempo.

Teo Gutiérrez, que fez sua segunda partida após o retorno ao clube, deu belo passe para Chará, que chutou cruzado da esquerda e fez: 1 a 1.

Com o resultado, o Junior avança à segunda fase com um empate por 0 a 0 no jogo de volta.

Um novo 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis. Um empate por 2 a 2 dá a vaga ao Deportivo Cali. Quem ganhar, estará classificado.

O vencedor do confronto enfrenta Cerro Porteño ou Boston River.

Os paraguaios venceram o primeiro confronto, em Assunção, por 2 a 1.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *