Estaduais na reta

Não foi preciso muito esforço para o Fluminense vencer o Nova Iguaçu, pela quinta rodada da Taça Rio.

De volta ao Maracanã, o Tricolor fez dois gols logo nos primeiros 20 minutos de jogo, com Pedro e Reginaldo, administrou o resultado até o fim e garantiu vaga na semifinal do Carioca.

Mesmo com a falha de Júlio César no gol dos visitantes, no segundo tempo a vitória não foi ameaçada.

O Botafogo teve uma boa atuação neste domingo, pressionou, criou chances, mas o resultado foi frustrante.

No Estádio Raulino de Oliveira, o Alvinegro empatou por 1 a 1 com o Volta Redonda e se manteve fora da zona de classificação para as semifinais da Taça Rio.

Os gols da partida saíram no primeiro tempo. Mauro Gabriel marcou para o time da casa, e Igor Rabello igualou para a equipe de Alberto Valentim.

Embalada no Campeonato Carioca, a Cabofriense venceu a Portuguesa por 2 a 1 na tarde deste domingo (11), no Estádio Giulite Coutinho, e conquistou a terceira vitória seguida na Taça Rio.

Depois de abrir o placar com Lucas Cunha no segundo tempo e ver Philipe igualar o marcador na sequência, o Tricolor Praiano garantiu a vitória fora de casa com Bruno Tubarão.

Em jogo válido pela última rodada da fase de classificação do Campeonato Paulista, o São Paulo, já classificado às quartas de final, venceu o RB Brasil por 3 a 1, de virada.

Edmílson abriu o placar para os visitantes, mas Nininho (contra), Arboleda e Marcos Guilherme asseguraram o triunfo do Tricolor.

Diego Aguirre, anunciado como substituto do demitido Dorival Júnior, esteve no Morumbi para ver o time.

Em campo, o comando interino foi de André Jardine, que agora será auxiliar fixo do Tricolor.

Com dois gols de Gustavo Scarpa, o Palmeiras venceu o Ituano por 3 a 0 neste domingo (11), no Estádio Novelli Jr, em Itu, na décima segunda e última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista.

O Ituano, que tinha chance de se classificar, foi eliminado no Grupo A no saldo de gols.

Já líder do Grupo C, mas precisando de um empate para garantir a liderança geral, Roger Machado escalou Verdão quase todo reserva.

Isso abriu espaço para Scarpa ser titular pela segunda vez e marcar seus primeiros gols com a camisa alviverde.

Com time inteiro reserva, o Santos perdeu para o São Bento por 3 a 1, na Vila Belmiro, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista.

Com o Peixe já classificado para as quartas de final (enfrentará o Botafogo de Ribeirão Preto), o técnico Jair Ventura optou por rodar o elenco e dar uma chance a quem vinha jogando pouco, priorizando o duelo contra o Nacional do Uruguai, quinta-feira (15), pela Libertadores.

O São Bento, que já estava eliminado, terá agora um mês de treinos até a estreia na Série B do Campeonato Brasileiro.

Marcelo Cordeiro abriu o placar de pênalti para o São Bento aos 43 minutos do primeiro tempo, Arthur Gomes empatou dois minutos depois (também de pênalti) e Lucio Flávio fez o segundo gol do time de Sorocaba aos 33 minutos do segundo tempo.

Aos 49 minutos do segundo tempo, o São Bento fez o terceiro num conta-ataque em que o Santos estava sem goleiro (Vladimir havia subido para o escanteio), com Fábio Bahia.

O Corinthians se despediu da primeira fase do Paulistão em grande estilo.

Com um segundo tempo muito bom, o Timão fez 2 a 0 no Botafogo-SP, em Ribeirão Preto, e confirmou a liderança do Grupo A do torneio.

Os gols foram de Henrique, aos 4, e Gabriel, aos 39 minutos do segundo tempo, ambos na etapa final.

A equipe de Fábio Carille vai enfrentar o Bragantino na próxima fase.

O Bota pega o Santos.

Datas e horários das quartas de final serão definidos em congresso técnico da Federação Paulista de Futebol, na próxima terça-feira (13).

Emocionante do começo ao fim.

Esta foi a partida entre Mirassol e Linense, que valia a permanência na primeira divisão do Campeonato Paulista em 2019.

Apenas uma vitória interessava ao Elefante, que conseguiu abrir o placar aos quatro minutos do primeiro tempo e passou o restante do jogo fechado, se defendendo como podia.

Até que, aos 42 minutos do segundo etapa, um chute da fora da área de Alison mudou a história do jogo.

O empate foi suficiente para rebaixar a equipe de Lins e manter o Leão na elite.

Ao apito do árbitro, torcida e jogadores comemoram o resultado como se fosse um título.

Enquanto o Linense encerrou a sua participação no Paulistão 2018 na décima quinta colocação, com 10 pontos, o Mirassol ficou logo acima, em décima quarta, com 12 pontos.

O lanterna Santo André, que somou apenas oito pontos, fará companhia ao Elefante na Série A2 do ano que vem.

Em um duelo que já aparentava mesmo antes de começar ter o destino definido para os dois lados, o Novorizontino venceu o Santo André por 3 a 2, e confirmou o rebaixamento do time do ABC para a Série A2.

O Tigre de Novo Horizonte já estava classificado para enfrentar o Palmeiras nas quartas de final.

Mesmo jogando com um time todo de reservas e no estádio Bruno José Daniel, no ABC Paulista, a casa do rival, o Novorizontino dominou o jogo e sempre esteve à frente do marcador.

O resultado ratificou a excelente campanha do time de Novo Horizonte, que termina a fase de grupos do Paulistão com a terceira melhor campanha, atrás somente de Palmeiras e Corinthians.

O Campeonato Paulista mostrou que vencer não é muito a especialidade de Ponte Preta e Ferroviária.

Nada mais justo, então, que os times se despeçam da competição com um empate.

O placar de 0 a 0, no Moisés Lucarelli, em nada acrescenta à campanha da Ferrinha, mas serve para salvar a Macaca do rebaixamento à segunda divisão.

Nos dois casos, é pouco perto da expectativa criada pelas torcidas.

Assim que o empate por 1 a 1 entre Bragantino e São Caetano foi decretado, os jogadores do Massa Bruta correram para assistir ao jogo entre Palmeiras e Ituano.

As televisões do restaurante do estádio Nabi Abi Chedid passavam o embate e os atletas do Braga assistiram atentos.

Quando o apito final em Itu soou e o Palmeiras venceu por 3 a 0, o Bragantino comemorou.

Estava classificado às quartas de final por causa do saldo de gols.

O Azulão, que já entrou em campo classificado, avançou em segundo do Grupo B.

A Caldense venceu o Uberlândia por 2 a 1 na tarde deste domingo (11), se livrou da degola e rebaixou o time do Triângulo para o Módulo II do Campeonato Mineiro.

Anderson Rosa e Neílson marcaram os gols do primeiro triunfo em casa da Veterana neste estadual.

Alê descontou para o Uberlândia.

De quebra, a Caldense, que por alguns minutos esteve classificada para as quartas de final, garantiu uma das vagas da Série D em 2019.

O Villa Nova disputará o Módulo I do Campeonato Mineiro em 2019.

Em jogo morno, o Leão empatou com o América-MG com um gol marcado aos 42 minutos do segundo tempo e contou com a goleada do Tupi por 7 a 1 sobre o Democrata Governador Valadares para evitar a queda.

Com o ponto somado, o time de Nova Lima terminou na décimo colocação, com dez pontos, e não conseguiu a classificação às quartas de final.

O Coelho, por sua vez, ficou na vice-liderança, com 21 e enfrentará o Boa Esporte na próxima fase.

Há quase quatro anos, Klose e companhia calavam o Mineirão no fatídico 7 a 1 sofrido pelo Brasil para a Alemanha na semifinal da Copa do Mundo.

Coube ao Tupi fazer o torcedor mineiro novamente presenciar uma goleada dessa dimensão em Juiz de Fora.

Na última rodada da primeira fase do Estadual, o Galo Carijó entrou em campo com time misto, brigando para terminar no G-4 e assegurar o mando de campo nas quartas de final.

E foi justamente o que fez.

O time juiz-forano não tomou conhecimento do Democrata Governador Valadares, que brigava para não cair, fez 7 a 1 e rebaixou o adversário em um placar que entra para a história do campeonato.

Léo Costa, Kayser (2), Tchô, Patrick (2) e João Vítor fizeram os gols do Tupi.

Márcio Oliveira fez o gol de honra do Democrata.

Em jogo morno em Patrocínio, Patrocinense e Cruzeiro mostraram pouca inspiração e quase não criaram chances claras de gol.

As melhores oportunidades surgiram no segundo tempo.

Aos 26 minutos do segundo tempo, após bom passe de Mancuello, Rafael Marques driblou o goleiro e abriu o placar.

Aos 39 minutos do segundo tempo, Genesis recebeu na área, em posição de impedimento, chutou forte e empatou, garantindo o time do interior nas quartas de final do Campeonato Mineiro.

Curiosamente, os dois times vão se enfrentar na próxima fase do Estadual, já que o Cruzeiro terminou em primeiro lugar e a Patrocinense em oitavo.

A disputa será em jogo único, no próximo domingo (18), no Mineirão.

O Atlético-MG venceu o Tombense por 1 a 0, no Independência, em jogo válido pela última rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro.

O gol da vitória foi marcado por Danilo, após um pênalti duvidoso marcado pela arbitragem.

As duas equipes já estavam classificadas, e o que estava em jogo na partida era o terceiro lugar.

O Alvinegro, com a vitória, garantiu a terceira colocação, enquanto o time de Tombos terminou em quinto.

Precisando da vitória para avançar às quartas de final e não depender de ninguém, a URT fez a lição de casa e bateu o “tranquilo” Boa Esporte, no Zama Maciel, em Patos de Minas.

Fazendo um jogo seguro, o Trovão Azul marcou um gol em cada tempo, administrou o resultado e pouco sofreu sustos contra o Boa, que entrou em campo garantido na próxima fase.

Com o resultado, os times definiram as posições ao fim da primeira fase e já tem os confrontos das quartas definidos: a URT, que terminou em sexto lugar, pega o Atlético-MG, e o Boa Esporte, sétimo colocado, pega o América-MG.

Trezentos e setenta e três dias depois, o Gre-Nal voltou ao cotidiano dos gaúchos com tudo aquilo que se espera dele.

E até fatos inéditos.

Teve confusão, no cara e coroa, substituição de árbitro, emoção e muito futebol.

Com cada time melhor em um tempo, saiu vitorioso aquele que aproveitou mais as chances.

Assim, Luan marcou duas vezes e deu a vitória ao Grêmio por 2 a 1 em pleno Beira-Rio, em duelo adiado da sexta rodada do Gauchão.

Rodrigo Dourado fez para o Inter.

Uma boa partida no 19 de Outubro, em Ijuí, garantiu tanto São Luiz quanto São José-RS na próxima fase do Gauchão.

No confronto pela última rodada, o Zequinha saiu atrás, mas virou, fez 2 a 1 e terminou em quarto lugar.

Michel, artilheiro do estadual com oito gols, abriu o placar aos sete minutos, no primeiro gol da rodada final.

De cabeça, Éverton Alemão empatou e, aos 45 minutos do segundo tempo, Rafinha cobrou escanteio, o goleiro Jonatas se atrapalhou e a bola foi direta para o gol: 2 a 1 para o time de Rafael Jaques.

Sob um forte calor de 35ºC em Gravataí, o Caxias derrotou o Cruzeiro-RS por 1 a 0, pela última rodada do Gauchão, e terminou a primeira fase na vice-liderança.

A derrota rebaixou o Estrelado para a Divisão de Acesso após sete anos na elite.

O único gol da partida foi marcado por Daniel Cruz, recebendo bom passe de Nathan e concluindo com precisão, aos 29 minutos do segundo tempo.

Pouco depois, o Cruzeiro-RS teve a chance de empatar, mas William Kozlowski bateu pênalti para defesa de Gledson.

A temperatura estava alta, mas só no clima mesmo.

O jogo entre Juventude e Veranópolis, no Alfredo Jaconi, pela rodada final da primeira fase do Gauchão, não foi nem morno: foi gelado mesmo.

Poucos lances de perigo, pouca criatividade, pouca qualidade para resolver nos momentos decisivos.

Assim, não é surpresa que o placar tenha sido 0 a 0, o que eliminou o Juventude precocemente no estadual.

O Veranópolis, por sua vez, já tinha a vaga assegurada nas quartas.

O Brasil de Pelotas venceu o clássico da Zona Sul, no Aldo Dapuzzo, e terminou a primeira fase do Gauchão na liderança.

O Xavante fez 2 a 1, de virada, e rebaixou o São Paulo-RS para a Divisão de Acesso.

Leandro Leite abriu o placar no primeiro tempo.

No segundo, Rafael Pilões deixou tudo igual, meio sem querer, com a bola batendo em seu joelho.

E, no finzinho, Alisson Farias fez grande lance individual, passou pela marcação e definiu o resultado em Rio Grande.

Em jogo equilibrado e nervoso, Avenida e Novo Hamburgo empataram por 1 a 1, na última rodada da fase classificatória do Gauchão.

O resultado foi bom para ambos, que atingiram seus objetivos no dia: o Periquito se classificou, pela primeira vez na história, à segunda fase do campeonato, enquanto que o Noia, atual campeão estadual, escapou do rebaixamento.

Zotti fez o gol do Anilado, em chute da entrada da área, e o veterano Alexandre, numa bela cobrança de falta, deixou tudo igual.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *