EMPATES NA SEGUNDA-FEIRA

Depois daquela final de Copa Verde em 2015 os encontros entre Cuiabá e Remo ganharam altas doses de rivalidade e emoção.

A partida da noite desta segunda-feira (31), na Arena Pantanal, foi mais um exemplo disso.

Em um duelo de alta intensidade, dessa vez quem se deu melhor foi o Dourado, que, apesar do empate em 0 a 0, ganhou duas posições com o término da décima segunda rodada da Série C do Brasileiro.

Remo cai uma, mas não deixa o G4.A tabela ajudou Confiança e Moto Club e eles tiveram a chance de fugir da zona de rebaixamento e em confronto direto.

Mas em jogo sem brilho, as equipes empataram na Arena Batistão, em Aracaju.

Resultado, Dragão e Papão continuam sendo assombrados pelo fantasma da quarta divisão.

As duas equipes criaram chances de gols, mas sem eficiência.

O primeiro tempo foi marcado pelos muitos erros cometidos pelas duas equipes.

Frontini teve a melhor chance do jogo, logo no início da partida.

Na sequência, o goleiro Saulo fez uma grande defesa no chute de Gilsinho.

O Moto Club respondeu com Paquetá e Danilo Bala, também sem pontaria.

A etapa final foi mais animada.

Danilo Bala sofreu pênalti do goleiro Genivaldo aos três minutos.

Paquetá cobrou e converteu, abrindo o placar.

Os donos da casa sentiram o golpe.

Muitos erros de passes e espaços para os contra-ataques do Papão.

Daniel Barros acertou a trave duas vezes e perdeu a chance de ampliar.

Nos acréscimos, Frontini aproveitou o cruzamento e empatou de cabeça.

No próximo sábado (5), às 18 horas, o Moto Club recebe o CSA, no Estádio Castelão.

No dia seguinte, domingo, 6, às 18 horas, o Confiança visita o Remo, no Estádio Mangueirão.

Com este resultado, o Confiança assume a nona colocação com 12 pontos.

O Moto Club é o oitavo, também com 12 pontos, mas com saldo de gols melhor.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *