EMPATE NO PRIMEIRA DECISÃO

Flamengo e Cruzeiro ficaram no empate em 1 a 1, na primeira partida da final da Copa do Brasil, na noite desta quinta-feira (7).

Os gols só saíram no segundo tempo.

Lucas Paquetá colocou o Flamengo na frente e Arrasacaeta empatou para o Cruzeiro.

A decisão está em aberto para o segundo jogo no Mineirão.

No primeiro tempo, o Cruzeiro começou melhor, mas não conseguiu infiltrar na defesa do Flamengo.

Após os 20 minutos da primeira etapa, o Flamengo controlou a partida e criou as melhores chances.

Diego colocou na cabeça de Willian Arão e o goleiro Fábio espalmou fazendo grande defesa.

Diego arriscou de fora da área e o goleiro Fábio sem dar rebotes.

O Flamengo atacou mais nos minutos finais do primeiro tempo, e o Cruzeiro com muita dificuldade não conseguia chegar ao ataque.

No segundo tempo, as duas equipes voltaram com posturas diferentes, o Cruzeiro atacava e o Flamengo assustava a defesa mineira em lançamentos na área.

O Cruzeiro quase marcou.

Diogo Brabosa cruzou para a área, Alisson completou para o gol e o goleiro Thiago fez a defesa a queima roupa.

O jogo ficou aberto depois das modificações.

O Flamengo trocou Rodinei por Vinícius Júnior e Cuéllar no lugar de Márcio Araújo.

E o Cruzeiro entrou Raniel no lugar de Rafael Sóbis.

O Flamengo pressionou.

Berrío fez o cruzamento o goleiro Fábio fez a defesa parcial, voltou em Willian Arão que pegou o chute e o goleiro Fábio segurou sem dar rebote.

Aos 30 minutos do segundo tempo, cobrança de escanteio Réver chutou forte a bola desviou em Willian Arão o goleiro Fábio fez grande defesa e no rebote Lucas Paquetá em posição irregular marcou.

Flamengo 1 a 0.

O Cruzeiro colocou a bola no chão e chegou ao empate.

Aos 38 minutos do segundo tempo, Hudson chutou de fora da área, o goleiro Thiago falhou e a bola sobrou livre para Arrascaeta colocar no gol.

Nos minutos finais, o Flamengo tentou o gol de qualquer maneira.

Mas, o placar não foi alterado.

Com este empate quem vencer no Estádio do Mineirão leva o título da Copa do Brasil.

A final da competição não tem gol fora de casa.

Em caso de empate, a decisão será nos pênaltis.

O jogo de volta será dia 27 de setembro, às 21h45.

A final foi de muita intensidade, com as duas equipes tentaram a vitória.

O Flamengo teve mais posse de bola com pouca efetividade de ataque.

O Cruzeiro tentava apenas o contra-ataque.

Final, Flamengo-RJ 1 Cruzeiro-MG 1.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *