EMPATE EM CAXIAS E VITÓRIA DO PARANÁ

Nesta terça-feira (24), Juventude e Náutico abriram a trigésima segunda rodada da Série B.

Em Caxias do Sul, as duas equipes passaram em branco no Alfredo Jaconi e ficaram no 0 a 0.

Com o empate sem gols, o time gaúcho ampliou o jejum de vitórias para cinco jogos e acumula 46 pontos.

Com 28 pontos, o Timbu segue na vice-lanterna da competição.

A primeira etapa do confronto foi marcado pela correria das duas equipes.

Apesar da entrega, Juventude e Náutico encontraram dificuldades de furar o sistema defensivo e pouco assustaram o gol adversário.

Na chegada de maior perigo, já nos acréscimos, o time gaúcho levantou a bola na área, mas Micael cabeceou por cima.

No segundo tempo, as equipes voltaram apostando nos chutes de longa distância, mas pecaram na pontaria.

Aos 9 minutos do segundo tempo, o Náutico chegou a balançar as redes com Rafinha, mas o impedimento já havia sido marcado.

Aos 44 minutos do segundo tempo, na chance de maior perigo do Juventude, João Paulo ajeitou para Bruninho, que finalizou por cima do gol de Jeferson e o placar se manteve inalterado.

O Paraná Clube levou a melhor no confronto direto com o Vila Nova.

O Tricolor venceu o Dragão por 1 a 0, em Curitiba, abriu cinco pontos em relação ao adversário (quinto colocado) e vai dormir na vice-liderança da competição com os mesmos 56 pontos do América-MG, que entra em campo no próximo sábado (28).

Brigando pelo acesso, as duas equipes protagonizaram um confronto direto intenso desde o início da partida.

Empurrado pelo torcedor tricolor que compareceu em peso no Durival Britto, o Paraná tomou a iniciativa, mas foi o Vila Nova que criou a primeira grande chance de gol.

Aos 25 minutos do primeiro tempo, Alan Mineiro finalizou colocado, de fora da área, e obrigou o goleiro Richard a se esticar todo e mandar para o escanteio.

O time da casa respondeu na bola aérea, aos 32 minutos do primeiro tempo.

Após escanteio, Eduardo Brock assustou de cabeça.

Aos 40 minutos do primeiro tempo, em nova finalização de longa distância, o Dragão quase marcou com Alípio, mas a bola bateu na trave.

Na volta do intervalo, o Paraná tentou pressionar o Vila Nova nos primeiros minutos.

Aos 6 minutos do segundo tempo, o goleiro Luis Carlos apareceu bem e, de soco, evitou a finalização de Alemão, que fechava livre dentro da área.

Aos 13 minutos do segundo tempo, Eduardo Brock desperdiçou grande chance ao chutar por cima.

Aos 30 minutos do segundo tempo, o Felipe Alves não perdoou e, após cruzamento da direita, definiu a vitória simples do Paraná, 1 a 0.

A trigésima segunda rodada continua na sexta-feira (27) com mais três confrontos e se encerra no sábado (28) com outros cinco duelos.

Reportagem: CBF.com.br

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *