E OS BRASILEIROS NA LIBERTADORES…

Os grupos 4, 5, 6, 7 e 8 da Libertadores já tiveram quatro rodadas disputadas e chegam perto do momento de definição dos classificados para a próxima fase.

Como todos têm ao menos um brasileiro, o GloboEsporte.com imaginou todos os cenários possíveis para saber o que pode acontecer com os clubes na competição mais importante do continente sul-americano.

Apenas Botafogo e Santos não estão na lista porque ainda têm um turno completo, ou três jogos, pela frente. Confira o que Atlético-PR, Flamengo, Palmeiras, Atlético-MG, Chapecoense e Grêmio precisam.

Caso o Flamengo vença a Universidad Católica e o Atlético-PR bata o San Lorenzo na próxima rodada os brasileiros jogam em casa -, os dois rubro-negros garantirão lugar nas oitavas de final.

Se um brasileiro vencer e outro empatar, o vitorioso garante vaga antecipada.

Se o Atlético ganhar e o Flamengo perder, os paranaenses garantem vaga.

Mas se o Flamengo ganhar e o Furacão perder, a disputa seguirá aberta para a sexta rodada, com todos os times tendo chances de se classificar mesma situação caso dois empates aconteçam na quarta-feira (3).

O Palmeiras precisa de apenas um empate nas últimas duas rodadas para garantir classificação em primeiro lugar.

Porém, mesmo se perder as duas partidas – contra Jorge Wilstermann, fora, e Atlético Tucumán, em casa a vaga pode vir. Basta o Peñarol pontuar diante do Tucumán na próxima quarta.

Caso isso aconteça, o time brasileiro só poderia ser ultrapassado pelo Wilstermann.

Para o Galo a classificação também pode sair na próxima rodada.

O time mineiro precisa vencer o Sport Boys (Bolívia) fora de casa e torcer para que o Libertad não vença o Godoy Cruz na Argentina.

Em caso de empate na Bolívia, o Atlético-MG precisa de uma derrota dos paraguaios para assegurar a vaga. Caso o Libertad vença, a definição vai para a última rodada.

Se o Atlético-MG perder para o Sport Boys e o Libertad vencer o Godoy Cruz, o time paraguaio ficará com o mesmo número de pontos do Galo, e pode até ultrapassá-lo, dependendo do saldo de gols.

Nesse caso, a definição também será na última rodada.

As coisas não estão simples para a Chapecoense.

Se perder para o Lanús no próximo jogo, na Argentina, e o Nacional não perder para o Zulia fora de casa, a atual campeã da Sul-Americana estará eliminada.

Caso empate contra a equipe argentina, o Verdão fica praticamente eliminado se o Nacional não for derrotado pelo time da Venezuela.

Isso porque teria que tirar um grande saldo de gols.

Caso vença o Lanús na Argentina, a Chape se igualaria em número de pontos ao time argentino e enfrentaria o Zulia em Chapecó na última rodada.

Para depender só de si, a Chape também tem que torcer para que o Zulia vença ou empate com o Nacional na quinta rodada.

Com a vitória contra o Guaraní, a situação do Grêmio ficou bem confortável.

Com 10 pontos, o Tricolor precisa apenas de um empate na próxima rodada.

Assim como o Palmeiras, o clube gaúcho pode se classificar até mesmo se perder as duas próximas rodadas. Basta que o Guaraní vença o Deportes Iquique na sexta rodada.

Caso não queira correr esse risco, o Grêmio pode empatar contra o mesmo Iquique, fora de casa, ou contra o Zamora que ainda não conquistou nenhum ponto e sofreu 13 gols em quatro jogos na Arena, na última rodada.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *