E A BOLA VAI ROLAR NO BRASILEIRÃO

Neste final de semana começa o Campeonato Brasileiro das Séries A, B e C com 20 equipes em cada uma das delas.

Na série A e B, o campeonato é disputado em turno e returno, quem fizer mais pontos será o campeão.

Já no Brasileirão da Série C, são dois grupos com 10 times, as quatro melhores equipes avançam para as quartas de final, depois a semi e a grande final.

Exceto a região Norte, que não tem um representante na elite do futebol brasileiro.

No Campeonato Brasileiro da séria A, os seis (6) primeiros colocados garantem vaga na Taça Libertadores da América de 2018, sendo que os quatro (4) primeiros vão direto para a Fase de Grupos, e os outros dois (2) clubes disputarão as fases classificatórias.

Do 7º ao 12º lugar jogarão a Copa Sul-Americana de 2018.

Os quatro (4) últimos colocados serão rebaixados para a Série B em 2018. Vamos agora conhecer os times que participarão desta edição de 2017.

Na Região Sul:

Rio Grande do Sul – o Grêmio é o único representante, já que o Internacional disputará pela primeira vez a Série B.

O time dirigido por Renato Gaúcho caiu nas semifinais do Gauchão, e buscará neste brasileirão uma conquista que não vem desde 1996.

Disputa a Taça Libertadores dentro do grupo 8, e deve se classificar sem problemas.

Na Copa do Brasil tem jogo contra o Fluminense na próxima quarta-feira (17).

Santa Catarina – Avaí e Chapecoense representarão o estado.

Aliás, as duas equipes disputaram o título estadual com a Chapecoense campeã.

O Verdão do Oeste perdeu a final da Recopa Sul-Americana para o Atlético Nacional na última quarta-feira (10), está mal na Libertadores no Grupo 7, e perdeu o primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil para o Cruzeiro.

Além, da reconstrução da equipe, buscará sobreviver dentro de um longo campeonato. No mês de agosto disputará dois torneios.

A Copa Suruga em 15 de agosto de 2017 contra o Urawa Red Diamonds, em Saitama, no Japão, na partida única que vale o troféu.

Na volta, haverá escala na Espanha para o duelo com o Barcelona no Camp Nou, pelo Troféu Joan Gamper.

O Avaí de volta a elite do futebol nacional busca a permanência com uma equipe formada nas categorias de base.

O Leão da Ilha terá apenas a Série A em disputa.

Paraná – Atlético e Coritiba que também decidiram o estadual mediram força no brasileirão.

O Furacão que está na Libertadores, depende de uma combinação de resultados para avançar de fase, na Copa do Brasil fez o primeiro jogo contra o Santa Cruz, e tem como objetivo fazer uma campanha melhor que em 2016.

O time era um leão em casa e um gatinho fora, fazia apenas o dever de casa que o ajudou na classificação para a competição sul-americana.

Já o Coxa, que nos últimos anos brigou contra o rebaixamento, quer fazer bonito neste ano, e vem reforçada do atacante Alecssandro vindo do Palmeiras.

No Sudeste:

São Paulo – o estado com maior número de equipes com Palmeiras atual campeão que tenha a volta do técnico Cuca e com um elenco recheado de peças importantes como Guerra, Dudu, Felipe Melo entre outros.

Tentará o feito do time de 1993/1994 quando conquistou o bicampeonato brasileiro, aliás, terá o décimo título nacional.

O Verdão tem a Copa do Brasil com estreia marcada para a próxima quarta-feira (17) contra o internacional e a Libertadores com muita chance de avançar.

O Corinthians, campeão paulista, tem um time entrosado e nas mãos do técnico Fábio Carille faz um grande trabalho com a vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana.

O atacante Jô retomou a grande fase e será uma das apostas da equipe.

Pelos lados do Morumbi, o São Paulo tenta vencer a desconfiança dos seus torcedores e com a presença do ídolo Rogério Ceni quer brilhar no brasileirão, no ataque tem Lucas Pratto é exímio fazedor de gols.

As três quedas no paulista, Copa do Brasil e Sul-Americana preocupam a torcida.

O Santos vice-campeão em 2016, manteve a base para esta temporada, além, do brasileirão encaminha muito bem a classificação na Libertadores e na Copa do Brasil alcançou as quartas de final ao derrotar o Paysandu.

A equipe dirigida por Dorival Junior pode figurar entre os primeiros novamente nesta edição. E a Ponte Preta vice-campeã estadual, teve a perda de jogadores com Willian Pottker para o Internacional e pode perder Clayson para o Corinthians.

A Macaca teve a chegada de Emerson Sheik e do zagueiro Rodrigo.

Minas Gerais – Atlético campeão mineiro e o vice-campeão Cruzeiro são as duas forças do futebol mineiro.

O Atlético que teve um início de ano de altos e baixos nas apresentações, melhorou com a classificação na Libertadores de forma antecipada e estreia no dia 24 de maio contra o Paraná na Copa do Brasil.

Cresceu muito com a conquista e será uma das equipes em busca do título que não vem desde 1971.

Maior jejum de títulos brasileiros da história dos grandes do futebol brasileiro.

Fred, Robinho, Cazares e companhia são as apostas do técnico Roger Machado.

Do outro lado da Lagoa, o Cruzeiro que mostrava um futebol convincente se perdeu nestas últimas semanas.

Com as derrotas para o Atlético-MG na final e a desclassificação na Copa Sul-Americana, o trabalho de Mano Menezes começa a ser questionado, o Brasileirão e a Copa do Brasil pode ser o caminho para que o time volte a ter o mesmo futebol do início do ano, assim, brigará na parte de cima da tabela.

Rio de Janeiro – Depois de 4 temporadas, os quatro grandes do futebol carioca estarão juntos novamente. Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco poderão reviver um passado de muitas alegrias aos seus torcedores.

O Flamengo foi o time que mais investiu no início desta temporada, com Conca e Rômulo.

Paolo Guerrero está em grande fase e Diego volta de contusão também será uma peça importante para o técnico Zé Ricardo montar o time.

Vem de um título carioca invicto, tem a Copa do Brasil, a Primeira Liga e a Taça Libertadores que depende de si para avançar.

É um time favorito ao título em 2017.

O Fluminense encantou com seu futebol ofensivo no início de temporada, mesmo com o vice-campeonato a equipe de Abel Braga dará o que falar neste brasileirão.

Quem ainda tem a Primeira Liga, Copa do Brasil e a Sul-Americana para a segunda fase.

O Botafogo no ano passado surpreendeu com uma equipe modesta, porém, fazia um futebol gostoso de ver. Agora tem outro caminho, fazer o time melhorar o desempenho a cada momento, é o objetivo do técnico Jair Ventura.

Destaque é Camilo que fez um bom carioca e está ajudando a equipe na Libertadores com boas chances de avançar, na Copa do Brasil o adversário é o Sport.

O Bota pode fazer bonito outra vez.

E o Vasco, não quer repetir os erros de anos anteriores quando subia e novamente caia para a Série B, o objetivo do time é permanecer na elite para 2018.

O time que não consegue empolgar seus torcedores, fez algumas contratações duvidosas, como Wagner, Luís Fabiano, e ainda tem Nenê, Andrezinho e Eder Luís que deve permanecer para o restante da temporada.

O técnico Milton Mendes que foi contratado recentemente para o lugar de Cristóvão Borges, tem olhado para as pratas da casa.

Agora é esperar para saber o destino do time em 2017.

Apenas o Brasileirão a disputar.

Centro-Oeste:

Goiás – o Dragão campeão da Série B em 2016 volta à elite do futebol nacional, e quer fazer valer a suas tradições. Apesar, de não ter chego a final do Campeonato Goiano, mostrou que pode ser uma pedra no sapato neste brasileirão.

A equipe dirigida pelo técnico Marcelo Cabo deu muito trabalho na estreia da Copa do Brasil contra o Flamengo no Maracanã.

E terá em seu elenco o atacante Walter, ex-Goiás, Cruzeiro e Atlético-PR.

Nordeste:

Bahia- Bahia e Vitória mostraram sua força agora no nacional.

O Vitória foi o campeão baiano vencendo o Bahia na final. Já na Copa do Nordeste, o Bahia passou pelo Leão da Barra e está na final.

O Vitória que terá Petkovic como técnico, após a demissão de Argel Fuks, busca reforços. Dátolo também rescindiu o contrato, alegando muitas contusões.

O Tricolor de Aço volta a elite com força máxima, e terá o goleiro mais jovem nesta temporada, Jean com 21 anos.

O Bahia tem duas frentes para esta temporada, o objetivo não é só permanecer, mas também conquistar quem sabe uma vaga na Libertadores, e a Copa do Nordeste que fará a final contra o Sport dias 17 e 24 de maio, primeiro jogo na Ilha do Retiro e a volta na Fonte Nova.

Pernambuco – Finalista do Pernambucano e da Copa do Nordeste, na Segunda Fase da Copa do Nordeste e nas oitavas da Copa do Brasil, o Sport será a única equipe a representar o estado na Série A em 2017.

Com Diego Souza armando o time, André no ataque, com Durval e Magrão na defesa, o time pernambucano quer fazer uma grande campanha assim, como em anos anteriores.

E quem sabe buscar uma vaga na Libertadores.

Veja como ficou a primeira rodada do Campeonato Brasileiro de 2017

Sábado (13/05)

16 horas – Flamengo-RJ X Atlético-MG

19 horas – Corinthians-SP X Chapecoense-SC

Domingo (14/05)

11 horas – Fluminense-RJ X Santos-SP

16 horas – Palmeiras-SP X Vasco-RJ

16 horas – Cruzeiro-MG X São Paulo-SP

16 horas – Ponte Preta-SP X Sport-PE

16 horas – Bahia-BA X Atlético-PR

16 horas – Avaí-SC X Vitória-BA

19 horas – Grêmio-RS X Botafogo-RJ

Segunda-feira (15/05)

20 horas – Coritiba-PR X Atlético-GO

Curiosidades do Brasileirão:

O Jogador mais velho Zé Roberto com 42 anos (06/07/1974) e o mais novo Vinícius Júnior com 16 anos (12/07/2000).

Time mais velho – Palmeiras (29 anos)

Time mais novo – Atlético-GO (25 anos)

Time mais alto – Botafogo (média 1,82)

Time mais baixo – Coritiba (média 1,79)

Origens dos jogadores – São Paulo – 120

Argentina com 17 jogadores é o país com mais gringos que jogarão o campeonato

São Paulo tem a maior pontuação dos pontos corridos com 927 em 14 edições

Menos pontos o Atlético-GO com 120 pontos

Time com mais gols – Cruzeiro (870)

Time com menos gols – Chapecoense (122)

São Paulo foi o time que mais venceu 263

Flamengo foi o que mais empatou 162

Atlético-PR foi o que mais perdeu 190

Quem teve mais títulos: Corinthians (2005, 2011 e 2015), Cruzeiro (2003, 2013 e 2014) e São Paulo (2006, 2007 e 2008).

Quem mais caiu: Vasco (2008, 2013 e 2015) e Vitória (2004, 2010 e 2014).

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *