Dragão e Macaca venceram na Série B

Atlético-GO bate o Criciúma, reage na Série B e deixa rival sem vitória na competição.

Após perder para o Bragantino, Dragão faz bem a lição de casa e vence fácil com gols de Pedro Raul, Nicolas e Mike.

Ainda sem vencer no Brasileirão, Tigre começa a se complicar.

O Atlético-GO usou bem o mando de campo e se recuperou da derrota para o Bragantino na Série B.

Jogando em sua casa, o estádio Antônio Accioly, em Goiânia, o Dragão bateu o Criciúma por 3 a 1 nesta sexta-feira (17) e se aproximou dos líderes da competição.

Pedro Raul, no primeiro tempo, Nicolas, em cobrança de falta na etapa final, e Mike, no fim da partida, fizeram os gols.

Léo Gamalho descontou.

Com o resultado, o Atlético-GO chega aos sete pontos e fica perto do G-4.

A equipe rubro-negra terá mais de uma semana de preparação para a quinta rodada, pois só voltará a campo contra o Vitória, no domingo (26), novamente no Accioly.

O Criciúma, por sua vez, segue em situação complicada e com pouco tempo para se recuperar.

O Tigre ainda não venceu e volta a campo já na próxima terça-feira (21), em casa, contra o Guarani.

Com gol no fim do estreante Longuine, Ponte bate Operário em casa, vence a primeira e sai do sufoco na Série B.

Meia marca aos 45 minutos do segundo tempo e salva atuação da Macaca, e também emprego de Jorginho.

Operário acumula terceiro jogo de jejum.

As vaias à equipe e as críticas a Jorginho já ecoavam pelo Estádio Moisés Lucarelli.

O empate por 0 a 0 com o Operário aumentava a crise na Ponte Preta, e provavelmente determinaria a demissão de Jorginho.

Mas aí brilhou a estrela do estreante Rafael Longuine.

Foram três meses e meio de espera para entrar em campo pela Macaca, e o meia já chegou com um belo cartão de visitas.

Um gol aos 45 minutos do segundo tempo salvou uma fraca atuação do time, na noite desta sexta-feira (17), e deu à Ponte a primeira vitória na Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, a Ponte reage após uma derrota e dois empates e chega aos cinco pontos, deixando a zona de rebaixamento.

Agora, o time figura na parte intermediária da tabela e alivia a tensão no Majestoso.

Já o Operário acumula o terceiro jogo seguido de jejum e estaciona nos quatro pontos.

De fôlego renovado, a Ponte volta a campo no próximo sábado (25), também em casa, contra o Paraná, às 16h30 (horário de Brasília).

No mesmo dia, mas às 19 horas (horário de Brasília), o Operário recebe o líder Botafogo-SP.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *