DISPUTA EM ABERTO

A Ponte Preta venceu o Corinthians por 1 a 0 na tarde deste domingo (29), no Moisés Lucarelli, com gol de Lucca.

Por muito pouco a Macaca não deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro (o Coritiba tem um gol pró a mais), mas o resultado vai muito além disso: abriu a possibilidade de o Timão, líder desde a quinta rodada, perder a ponta da tabela.

Motivados pelas vitórias na última rodada, Atlético-MG e Botafogo se enfrentaram na Arena Independência, em Belo Horizonte, mas não saíram do 0 a 0.

Isso não quer dizer que o jogo foi ruim, pelo contrário.

As duas equipes atacaram bastante e perderam ótimas oportunidades com Guilherme, pelo lado carioca, e Rafael Moura pelo Galo.

O Bahia surpreendeu o Fluminense com um gol-relâmpago logo aos dois minutos com Edigar Junio, mas não mostrou força para vencer o jogo.

O time da casa empatou com Scarpa e esteve mais perto da vitória, mas o goleiro Jean esteve mais uma vez inspirado para segurar o resultado que deixa ambos os times colados na tabela, com 39 pontos, quatro a mais que a turma que abre o Z-4.

No fim, o Bahia até comemorou o resultado, já que ficou cerca de 10 minutos com um jogador a menos depois da expulsão de Matheus Sales.

O Coritiba conseguiu uma vitória com ares cinematográficos na Ilha do Retiro.

Esteve à frente do placar duas vezes, mas tomou a virada.

Ainda viu Wilson defender dois pênaltis.

E aos 45 minutos do segundo tempo, conseguiu vencer em um jogo de muitas reviravoltas.

Diego Souza (duas vezes) e André marcaram para o Leão.

Para o Coxa, Werley, Henrique Almeida, Jonas e Yan Sasse.

Com o resultado, os visitantes chegaram aos 35 pontos e saíram da zona do rebaixamento.

O Leão tem a mesma pontuação, na décima quinta colocação.

A fim de encerrar o jejum de triunfos, o Atlético-GO foi a Salvador sabendo da fama de péssimo mandante do Vitória, que em casa não vencia há cinco jogos e queria pôr fim a esse retrospecto.

Ao final do duelo, nenhuma das equipes conseguiu o que queria.

O empate em 1 a 1, gols de Luiz Fernando e José Welison, manteve a sequência negativa de baianos e goianos.

A um passo da final da América, o Grêmio descansou seus titulares para o jogo da volta contra o Barcelona (Equador), pela semifinal da Libertadores.

E mesmo com time reserva, travou um duelo de igual para igual com o Avaí.

Fora de casa, o Tricolor abriu o placar e ficou em vantagem por duas vezes na partida, mas cedeu o empate em 2 a 2 ao rival, com direito a reclamação em um gol mal anulado de Bressan.

Rafael Thyere e Kaio marcaram para os gremistas, em jogadas de Everton.

Pedro Castro e Leandro Silva igualaram para o Leão.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *