Diego Lugano x Michel Bastos: Quem vai falar mais alto?

lugano160105vUm chegou a ser conhecido um dia como o “zagueiro do presidente”. Pouco tempo depois se tornou mais do que isso. Tornou-se o ídolo de uma torcida, o xerife de uma zaga e após 10 anos de uma passagem vitoriosa pelo São Paulo, retornou ao time que lhe colocou no cenário mundial para ser o grande líder do time, principalmente após a aposentadoria de Rogério Ceni.

O outro, bem, o outro, após Ceni pendurar as chuteiras, certamente seria ao lado de Diego Lugano uma espécie de líder também, até pela sua experiência no futebol. Porém, sempre há um porém, parece que Michel Bastos já entrou em rota de colisão com Lugano. michelbastosfernandodantasgazetapress

Tudo começou pelo fato dos salários atrasados no São Paulo e o atraso na premiação aos jogadores, após o time ter se classificado para Pré-Libertadores. Um pacto de silêncio foi instituído pelos jogadores para a partida contra o The Strongers na fase de grupo da Libertadores, que aconteceu na última quarta-feira. Quem encabeçou esse pacto teria sido Michel. Até aí normal. É um direito de um profissional protestar contra salários atrasados. Melhor o pacto silêncio em protesto, do que chegar na frente da imprensa e cobrar a diretoria pela falta de pagamento.

Porém, o que ninguém contava é que o São Paulo perdesse a partida. Perdeu. No término do jogo, na saída de campo, jogadores não falaram com a imprensa. Porém, na saída do vestiário, alguns jogadores, entre eles, Lugano que não participou da partida, atenderam os jornalistas.

Eis que surge uma possível teoria da conspiração. Há quem falasse que Lugano passou por cima desse pacto e que ele e Michel teriam se estranhado.

O fato é que no jogo seguinte, no último domingo, contra o Rio Claro pelo Campeonato Paulista, Lugano fez sua estreia e Michel foi poupado.

Esses programas populares esportivos já começaram com sua teorias, tais como: Michel foi sacado do time e nem selecionado para ficar no banco contra o Rio Claro, por causa da possível discussão com Lugano? Uma pessoa um pouco esperta saberá que o técnico Bauza já havia praticamente garantido Lugano para o jogo, isso antes do clássico contra o Corinthians. E quem for mais esperto ainda, saberá também que Michel Bastos havia sido poupado em apenas um jogo do São Paulo neste ano. Bauza além de poupar o meio-campo, deu uma espécie de sossego a Michel, já que certamente a torcida pegaria em seu pé. Então esse lance de ter sido retirado ou poupado do jogo, nada tem a ver com a discussão com Lugano.

Outra teoria. O São Paulo jogará contra o Novorizontino. Michel volta ao time titular e quem não vai jogar? Sim, Diego Lugano. Calma, calma, não é por conta do entrevero entre os dois. Lugano certamente não jogará todas as partidas pelo São Paulo, então, nada mais justo de Bauza lhe dar um descanso também.

Michel Bastos em seu Instagram falou sobre o pacto de silêncio por conta dos salários atrasados e confirmou que teve divergências com Lugano, mas negou que tenha algum problema de cunho pessoal com o zagueiro. Por sua vez, o uruguaio afirmou após partida contra o Rio Claro, disse que a discussão foi normal, como acontece em qualquer empresa.

Resta saber o que será daqui para frente no São Paulo, principalmente, quando Michel e Lugano estiverem dentro de campo. Michel terá coragem de peitar Lugano? Quem falar mais, vai chorar menos.

Fato que já há um possível racha e que Bauza terá que chamar os dois de canto, frente a frente e aparar as arestas.

 

 

 

 

About José Rodolfo Pereira

View all posts by José Rodolfo Pereira →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *