DEPOIS DE 8 ANOS, BRASIL VOLTOU A SORRIR

A trigésima quinta vitória consecutiva da seleção brasileira de futebol de areia teve um gostinho especial, neste domingo (7).

Depois de oito anos sem conseguir levantar o troféu da Copa do Mundo, a equipe verde e amarela superou o Taiti por 6 a 0 na final disputada em Nassau, Bahamas, e conquistou o pentacampeonato.

Mauricinho e Daniel marcaram dois gols, e Dantinha e Catarino também balançaram a rede uma vez cada.

Desde 2009, a principal potência do futebol de areia não conseguia vencer a Copa do Mundo.

Chegar à final não acontecia desde 2011, quando foi derrotada pela Rússia.

Mas, a seleção brasileria confirmou a boa fase que vem vivendo nesta temporada com o quinto título, depois de ter levantado o troféu de 2006 a 2009.

Já o Taiti ficou em segundo lugar pelo segundo ano consecutivo.

Precisou de apenas 14 segundos de bola rolando para o Brasil abrir o placar.

Uma das estrelas da classificação para a final, Mauricinho aproveitou um erro na saída do Taiti e marcou o seu primeiro gol, com direito a bola entre as pernas do goleiro.

E foi ele que deu um belo passe para Datinha fazer o seu primeiro na Copa do Mundo e o segundo da seleção na final.

Assim como no primeiro tempo, Mauricinho foi o primeiro a marcar no segundo.

Dentro da pequena área adversária, acertou um bonito chute no cantinho esquerdo do goleiro taitiano.

Mas, o jogo ficou truncado, sem nenhum dos dois times encontrarem espaço para balançar a rede.

A boa vantagem de três gols, no entanto, deixou a seleção tranquila para dar seu show no terceiro e último tempo.

No contra-ataque, Catarino acertou um chute cruzado e fez o dele.

Depois, foi a vez de Daniel completar a festa brasileira com um gol de cabeça após um escanteio, e outro com uma pancada indefensável.

Com 6 a 0, o campeão voltou com tudo para o topo do mundo.

Apesar de ser campeão invicto, o Brasil não teve o MVP da competição nas Bahamas. Bronze após vencer a Itália por 5 a 3 neste domingo (7), o Irã contou com o melhor jogador do torneio, Ahmadzadeh.

O Brasil ficou com o segundo melhor jogador, Mauricinho, e o terceiro, Datinha.

O goleiro iraniano Peyman Hosseini faturou a Luva de Ouro.

O artilheiro da competição foi o italiano Gori, com 17 gols. Ahmadzadeh e o brasileiro Rodriguinho empataram na segunda colocação dos goleadores, com 9 gols cada.

Escalações:

Brasil: Mão, Catarino, Bruno Xavier, Datinho e Mauricinho

Reservas: Rafa Padilha, Fernando DDI, Filipe, Daniel, Lucão, Bokinha e Rodriguinho

Taiti: Jo, Taiarui, Tepa, Li Fung Kuee e Zaveroni

Reservas: Beo, Angel, Teriitau, Mo, Tavanae, Bennett e Labaste

A campanha brasileira:

Grupo D – Brasil, Taiti, Japão e Polônia

Fase de classificação:

28.04 – Brasil 4 x 1 Taiti

30.04 – Polônia 4 x 7 Brasil

02.05 – Brasil 9 x 3 Japão

Quartas de final

04.05 – Brasil 4 x 3 Portugal

Semifinal

06.05 – Brasil 8 x 4 Itália

Final

07.05 – Brasil 6 x 0 Taiti

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *