Cruzeiro vence fora e leva vantagem nas semifinais

Com polêmica no fim, Cruzeiro vence Palmeiras e abre vantagem na semifinal da Copa do Brasil.

Barcos marca no início, Raposa segura pressão com um a menos e supera o Verdão fora de casa.

Palmeirenses reclamam de último lance, em que árbitro marca falta no goleiro Fábio, antes de Antônio Carlos completar para as redes.

Cirúrgico. Assim foi o Cruzeiro na noite desta quarta-feira (12) contra o Palmeiras, pelo primeiro jogo das semifinais da Copa do Brasil e que teve momentos polêmicos.

Com um gol no começo da partida, com Hernán Barcos, o time abriu o placar em São Paulo e segurou a partida até o final, contando com boas defesas do goleiro Fábio.

O Palmeiras deixou o campo reclamando da arbitragem, principalmente no último lance, quando balançou as redes do time cruzeirense, mas o árbitro Wagner Reway paralisou a jogada antes e logo depois encerrou.

Vantagem agora para os comandados de Mano Menezes, que jogarão por um empate no Mineirão no segundo jogo, dia 26 de setembro.

Flamengo e Corinthians ficam no empate no primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil.

Com Paquetá de volta, Flamengo tem mais posse de bola, pressiona, mas não consegue furar a retranca do Timão.

Partida de volta será no dia 26 de setembro, em Itaquera.

O Flamengo pressionou, chegou a ter 70% da posse de bola, mas não conseguiu furar a retranca do Corinthians, e o primeiro duelo das semifinais da Copa do Brasil entre os times de maior torcida no país terminou empatado em 0 a 0.

Jair Ventura, em seu segundo jogo no comando do Timão, montou um ferrolho com três volantes, três meias e nenhum centroavante, abdicando do ataque, foram só três finalizações do Corinthians no jogo todo.

O Flamengo de Mauricio Barbieri, por sua vez, trocou cinco vezes mais passes do que o rival, girou a bola pra cá, pra lá, finalizou 21 vezes, pouquíssimas com algum perigo para o goleiro Cássio.

No total, o Flamengo alçou 31 bolas na área (contra nenhuma do Corinthians) e conseguiu apenas quatro cabeçadas, em todos os outros lances, a defesa do Corinthians se sobressaiu.

O jogo da volta será no dia 26 de setembro, em Itaquera, quem vencer avança à final da Copa do Brasil, e um novo empate (independentemente do placar) leva a decisão para os pênaltis.

Até lá, os dois times estarão focados no Campeonato Brasileiro.

No sábado (15) o Flamengo fará o clássico contra o Vasco, às 19 horas (horário de Brasília), em Brasília.

Já o Corinthians joga no domingo (16), contra o Sport, às 19 horas (horário de Brasília), em São Paulo.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *