Cruzeiro e Figueirense nas semifinais

Cruzeiro é o primeiro semifinalista da Copa Brasil de Futebol Infantil de Votorantim 2018.

A Raposa passou pelo Bahia por 5 a 4 nos pênaltis após um empate em 0 a 0, e está entre os quatro melhores times da competição sub-15 disputada no interior paulista.

O Cruzeiro aguarda o adversário na semifinal que sairá do duelo entre Palmeiras e Corinthians, que se enfrentam nesta quarta-feira (17), às 20 horas, no Estádio Domenico Paolo Metidieri.

As duas partidas que definem os finalistas acontecem na sexta-feira (19), a partir das 18h30.

Já o Bahia fica pelo caminho após eliminar o Atlético-MG e se classificar ao mata-mata de forma heroica ao bater o São Paulo de virada e despachar o Tricolor Paulista.

A partida entre mineiros e baianos foi extremamente truncada e com poucas chances para ambos em Votorantim.

E ainda nas poucas chances, os goleiros acabaram levando a melhor.

Com o empate, o jogo foi para as penalidades.

Os cruzeirenses converteram todas as cobranças, enquanto Liédson perdeu a última para o Tricolor de Aço, cravando a passagem do Cruzeiro à semifinal.

Figueirense segue firme na Copa Brasil de Futebol Infantil de Votorantim.

Nesta terça-feira (16), o time catarinense garantiu vaga na semifinal da competição ao derrotar o Vitória por 5 a 4 nos pênaltis, logo após empate em 0 a 0 no tempo normal, com o nome da noite sendo o do goleiro Theo.

O duelo foi disputado no estádio Domenico Paolo Metidieri, casa da Copinha sub-15.

Com o resultado, o Figueira avança pela primeira vez ao grupo dos quatro melhores times da Copinha disputada no interior paulista.

O rival sairá da partida entre Flamengo e Internacional, que será disputada nesta quarta-feira (17), às 18h30.

Outro semifinalista garantido é o Cruzeiro.

Já o Vitória, que é campeão da Copa Brasil de 2000 encerra sua participação após ter fechado o Grupo A na segunda colocação, atrás da Raposa, com seis pontos.

São duas vitórias, contra Coritiba (1 a 0) e a Seleção de Votorantim (2 a 0), além da derrota para o time mineiro (3 a 2).

Catarinenses e baianos repetiram a dose do jogo entre Cruzeiro e Bahia, disputado logo antes, e fizeram um duelo extremamente truncado.

Na decisão por pênaltis após o 0 a 0, Theo desperdiçou a quinta e última cobrança do Figueirense, defendida de forma espetacular pelo goleiro Dhiogo.

Mas o arqueiro do Sul se recuperou, impediu a classificação do Vitória e defendeu a última batida já nas alternadas para assegurar o Figueira na semifinal.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *