CORINTHIANS FOI O ÚNICO BRASILEIRO A VENCER

É verdade que o título do Paulistão reafirmou a força do Corinthians, mas a facilidade com que o Timão conquistou a vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana deu ao torcedor a esperança de que há muito mais por vir na temporada.

Nesta quarta-feira (10), em Santiago, o Alvinegro bateu a Universidad de Chile por 2 a 1 (já tinha vencido em Itaquera por 2 a 0) e confirmou a classificação.

Importante destacar que o triunfo foi construído por três dos principais pilares do time de Carille: Cássio, Rodriguinho e Jadson.

Se o goleiro fez duas lindas defesas que evitaram um esboço de reação dos adversários, os dois meias mostraram o poder de desequilibrar uma partida que têm.

Ambos foram os autores dos gols do Timão em Santiago.

Mesmo com um primeiro tempo terrível, pressão do Liverpool (Uruguai) e derrota no placar, o Fluminense se classificou.

A melhora no segundo tempo foi primordial para que a derrota do Tricolor por 1 a 0 classificasse o Fluminense para a segunda fase da Copa Sul-Americana.

O Fluminense pressionou nos últimos 45 minutos, mas levou a tensão do resultado até o apito final.

O Cruzeiro está eliminado da Copa Sul-Americana.

Jogando futebol medíocre e sem nenhuma inspiração, perdeu por 2 a 1 para o Nacional (Paraguai), no tempo normal, e por 3 a 2 nos pênaltis.

A partida foi no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção.

O time sofre sua segunda derrota marcante em quatro dias e embarca numa crise à beira da estreia no Campeonato Brasileiro.

O time não demonstrou nenhum padrão e, mesmo saindo na frente, levou a virada, com duas falhas individuais, de Mayke e Caicedo, e amarga a eliminação na primeira fase da competição continental.

Confira outro resultado desta quarta-feira (10):

Atlético Venezuela (Venezuela) 0 X 1 Palestino (Chile) (PK 6-7)

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *