Copa Sul Minas, de volta, com Fla e Flu: eu apoio!

Olá,

Sobre as possibilidades de termos em 2016 a volta do torneio Sul-Minas eu faço aqui as minhas preces, e que tudo dê certo. Ainda mais se for com a participação de Flamengo e Fluminense, a dupla carioca que se rebelou contra a FERJ (Federação do Estado do Rio de Janeiro) de forma mais acentuada durante o estadual deste ano, e com toda razão. Não é a melhor das iniciativas, mas sem dúvidas é superior ao que temos hoje. Tomara que Botafogo e Vasco repensem suas posições.

A reunião de ontem (16/7), num hotel em Curitiba, reuniu dirigentes de clubes catarinenses, paranaenses e mineiros, além dos cartolas da dupla Fla-Flu. A viabilidade do torneio está cada dia mais latente, a ideia de acolher os clubes do Rio também agradou demais os presidentes envolvidos. Para o próximo encontro, agendado para dia 24 de julho, em Balneário Camboriú, Santa Catarina, os dirigentes de Grêmio e Internacional já confirmaram presença.

G1
Foto: Portal G1

Em minha opinião, os campeonatos estaduais não se sustentam mais, não são rentáveis aos clubes, tampouco agradáveis para o torcedor. Há tempos discutimos esse tema e a cada ano comprovamos que o modelo, envolvendo clubes considerados grandes, está fadado ao fracasso. A Copa do Nordeste e a Copa Verde nos provam que o sucesso para os grandes clubes está numa alternativa mais ousada, que envolva de forma mais emocional suas grandes torcidas.

Aquela velha máxima de que campeonato estadual é mais charmoso já era, está no passado, e em um passado distante. Os clubes precisam pagar as suas contas, encher os seus seus estádios. Se os clubes vão acabar com esta medida? Não. Basta que confederações façam a parte que lhes cabe, ou seja, promover campeonatos estaduais para estas equipes, buscar patrocínios, oferecer as mínimas condições para que estas pequenas equipes possam se manter, da forma que está, as federações ganham muito mais que os clubes, isso não se justifica, elas não tem torcida, não entram em campo. Patético!

Torço para que o próximo encontro seja ainda mais proveitoso, que os boicotes preparados pela FERJ, por exemplo, não se sustentem e que a CBF haja em benefício dos clubes, ou seja, não crie obstáculos para que esta iniciativa se concretize na prática e já no próximo ano. Aliás, Del Nero e um representante da Globo, a princípio, se mostraram favoráveis, de acordo com o vice presidente do Coritiba, André Macias, que é coordenador do projeto.

Além dele, participaram do encontro o presidente do Coritiba, Rogério Bacellar, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, o vice-presidente do Fluminense, Carlos Eduardo Cardoso, o vice-presidente do Atlético-PR, Luiz Sallim Emed, o diretor comercial do Cruzeiro, Robson Pires, o presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim Pádua Peixoto Filho (vice-presidente da CBF). Até a próxima!

 

 

 

 

, , , ,

About Roberto Vieira

Sou jornalista, apaixonado por futebol e política, mas, sobretudo, alucinado pela comunicação! Acredito no Brasil, confio nos seres humanos, sou entusiasta da transformação. Que Deus nos abençoe!
View all posts by Roberto Vieira →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *