COM A MÃO NA TAÇA

O Corinthians tem a taça quase inteira em mãos, em vias de ser beijada como só os campeões podem fazer.

Na tarde deste domingo (30), o Timão venceu a Ponte Preta por 3 a 0 em Campinas no primeiro jogo da decisão do Paulista e praticamente assegurou o título quatro décadas depois da final lendária de 1977.

Rodriguinho acabou com o jogo: fez dois gols e deu o passe para o outro, de Jadson.

O sistema defensivo, à beira da perfeição, anulou a Ponte e deu segurança à grande atuação da equipe da Fábio Carille.

O Flamengo jogou melhor e aproveitou uma furada incrível de Renato Chaves para vencer o Fluminense por 1 a 0, neste domingo (30), no Maracanã, e sair na frente na disputa pelo título do Campeonato Carioca 2017.

Mais eficiente no primeiro tempo, o time de Zé Ricardo aproveitou falha do zagueiro tricolor para anotar o único gol do jogo com Everton.
Com o resultado no duelo que teve 34.926 pagantes, 40.898 presentes (entre eles Tite) e renda de R$ 1.660.605,00, o Flamengo joga pelo empate no jogo de volta, domingo que vem, também no Maracanã, para levantar a taça.

Ao Fluminense, que não repetiu as últimas boas atuações, resta vencer por dois gols de diferença.

Uma vitória tricolor por um gol levaria a decisão para os pênaltis.

Tudo igual na primeira partida da final do Campeonato Mineiro.

Cruzeiro e Atlético-MG ficaram no 0 a 0, na tarde deste domingo (30), no Mineirão, e a decisão fica para semana que vem.

O jogo foi movimento e muito disputado, mas com poucas chances claras de gol.

Ainda assim, os mais de 40 mil presentes gostaram do que viram, porque não faltou disposição dos dois times.

A segunda partida da final será domingo que vem, às 16 horas (de Brasília), no Independência.

O Atlético-MG, por ter feito melhor campanha na primeira fase, joga por um empate.

Para a Raposa, só a vitória interessa.

Antes da finalíssima, os dois times têm compromissos por outras competições.

Pela Copa do Brasil, o Cruzeiro recebe a Chapecoense, no Mineirão, quarta-feira (3), às 21h45 (de Brasília).

O Galo entra em campo mais cedo, também quarta, pela Libertadores.

Às 19h30, enfrenta o Sport Boys, na Bolívia.

Terminou em igualdade o primeiro jogo da final do Gauchão 2017, no Beira-Rio.

O Novo Hamburgo, time de melhor campanha, esteve duas vezes na frente, com gols de João Paulo e Assis.

O Inter empatou com Roberson e Nico López.

Agora, as duas equipes vão decidir no Estádio do Vale ou no Centenário, no próximo domingo (7), quem será o campeão estadual.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *