COELHO ESTÁ A UMA VITÓRIA DO TÍTULO

Com todos as equipes em campo nesta terça-feira (14).

O América-MG ampliou a vantagem na liderança e se aproximou do título da Série B.

Com a vitória por 1 a 0 sobre o Juventude, em Belo Horizonte, o Coelho chegou a 69 pontos, abriu quatro de diferença para o vice-líder Internacional e pode garantir o troféu da competição na próximo sábado (18).

Também na parte de cima da tabela, o Ceará bateu o Paysandu por 2 a 0, em Fortaleza, e, com 63 pontos, está a uma vitória do acesso.

Em Maceió, o CRB venceu o Goiás por 2 a 1.

Fora de casa, o Boa Esporte superou o Luverdense por 1 a 0, em Lucas do Rio Verde.

No outro duelo iniciado às 21h30, Santa Cruz e Paraná ficaram no empate sem gols.

Embalado, o América-MG levou a melhor para cima do Juventude e manteve a arrancada na reta final da Série B.

No Estádio Independência, o Coelho emendou a quarta vitória seguida e pode garantir o título da competição na próxima rodada.

O gol da vitória mineira diante dos gaúchos foi marcado no segundo tempo.

Aos 30 minutos, Maurício tentou cortar o cruzamento de Pará e marcou contra.

Com o revés, o Juventude segue com 50 pontos.

Pelo mesmo placar, o Boa Esporte bateu o Luverdense, fora de casa, no estádio Passo das Emas.

O único gol da partida saiu aos 41 minutos do primeiro tempo.

Em contra-ataque veloz, Rodolfo cruzou para Thaciano estufar as redes, 1 a 0.

Com a vitória, o time mineiro chegou a 46 pontos e afastou de vez o fantasma do rebaixamento.

Com 40 pontos, o Luverdense segue na luta para fugir do Z-4.

No Castelão, o Ceará se impôs dentro de casa, bateu o Paysandu por 2 a 0 e deu um passo importante na luta pelo acesso.

Empurrado pela torcida, que bateu o recorde de público desta edição da Série B com 45.197 pessoas no total, o Vozão saiu na frente aos 16 minutos do primeiro tempo com Pio.

Na etapa final, o Alvinegro sacramentou a vitória aos 20 minutos do segundo tempo com Elton.

Com 63 pontos, restando duas rodadas, o time cearense abriu cinco de vantagem para o quinto colocado.

Com 45 pontos, o Paysandu ocupa a décimo segundo posição.

Outro mandante que se deu bem foi o CRB.

No Rei Pelé, o time alagoano abriu 2 a 0 de vantagem na primeira etapa com Zé Carlos e Adalberto.

No segundo tempo, o Goiás descontou com Júnior Viçosa, aos 40 minutos do segundo tempo, mas já era tarde, 2 a 1.

Com o triunfo, o CRB chegou a 45 pontos e se afastou do Z-4.

Com 44 pontos, o Esmeraldino caiu para décimo quarto lugar.

No Arruda, as redes não balançaram para Santa Cruz e Paraná.

Com o empate sem gols, o Tricolor pernambucano chegou a 34 pontos e segue em décimo oitavo lugar.

Já o paranaense ocupa a quarta posição com 60 pontos.

O Colorado confirmou o acesso matematicamente ao empatar sem gols com o Oeste, em Barueri.

Já, o Brasil de Pelotas venceu o ABC por 3 a 0, em Pelotas.

Já Vila Nova e Figueirense ficaram no empate em 1 a 1.

De olho no acesso, Oeste e Internacional duelaram na Arena Barueri.

Precisando de apenas um empate para carimbar a volta à elite do futebol brasileiro, o Colorado teve a chance de matar e vencer a partida no último lance do jogo, mas Carlos desperdiçou a oportunidade e o placar permaneceu zerado.

Com o empate sem gols, o time gaúcho chegou a 65 pontos e garantiu o acesso com duas rodadas de antecedência.

Com 58 pontos, o Oeste ainda segue sonhado com uma vaga no G-4.

No Bento de Freitas, o Brasil de Pelotas não deu chances ao ABC e venceu por 3 a 0.

O time gaúcho abriu o placar aos 4 minutos do primeiro tempo com Rafinha.

Na etapa final, o Brasil sacramentou a vitória com gols de Marlon e Cassiano.

Com a terceira vitória consecutiva, o Brasil de Pelotas soma 48 pontos.

Sem chances de escapar da degola, o ABC segue na lanterna com 31 pontos.

No Serra Dourada, os gols do empate em 1 a 1 entre Vila Nova e Figueirense saíram ainda na primeira etapa.

Aos 4 minutos do primeiro tempo, Luidy colocou os catarinenses na frente do marcador.

Já na reta final, aos 44 minutos do primeiro tempo, Claudinei deixou o dele e empatou a partida para o Dragão.

Com o quarto empate consecutivo, o Vila perdeu a chance de encostar no G-4 e soma 55 pontos.

Com 44 pontos, o Figueirense ainda luta contra o fantasma do rebaixamento.

De olho no G-4, o Londrina emendou a quarta vitória consecutiva na Série B ao superar o Guarani.

Em Londrina, o Tubarão bateu o Bugre por 1 a 0 e ganhou forças na briga pelo acesso.

Também no mesmo horário, o duelo entre Criciúma e Náutico terminou zerado em Criciúma.

Em ritmo intenso, Londrina e Guarani se enfrentaram no Estádio Do Café.

Dentro de casa, o Tubarão garantiu o triunfo logo no início de jogo.

Aos 3 minutos do primeiro tempo, Artur marcou o que seria o único gol da partida.

Com a quarta vitória consecutiva na Série B, o time paranaense chega a 58 pontos e encosta no G-4.

Com 43 pontos, o Bugre segue ameaçado pelo fantasma do rebaixamento.

As redes do Heriberto Hulse não balançaram para Criciúma e Náutico.

Apesar das chances de gols criadas, principalmente na etapa final, as equipes passaram em branco.

Na oportunidade de maior perigo do Náutico, Jobson cobrou falta no travessão.

Já o Criciúma ficou muito perto de marcar aos 29 minutos do segundo tempo, mas Andrew não conseguiu aproveitar o rebote de Busatto.

Com o empate sem gols, o Timbu segue na vice-lanterna com 32 pontos.

A equipe catarinense soma 47 pontos.

Reportagem: CBF.com.br

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *