Campeonato Brasileiro, Copa América e “Neymardependência”

Para quem gosta de futebol, tivemos um prato cheio neste final de semana. Campeonato Brasileiro e Copa América foram os grandes destaques.

No Brasileirão, o São Paulo, treinado pelo técnico Juan Carlos Osorio (aquele dos bilhetinhos com anotações em azul ou vermelho), fez 1 a 0 na Chapecoense (como diria Danilo, um dos integrantes deste site: “Um abraço para o povo de Chapecó”) e tornou-se o novo líder da competição. O gol, aliás, o golaço foi marcado pelo volante Souza. O tricolor se beneficiou pela derrota do Atlético Paranaense contra o Grêmio. Será que o furação, como é conhecido o time paranaense, foi só uma ventania?

Outros destaques da rodada

O Palmeiras finalmente venceu a primeira partida no Campeonato Brasileiro jogando em seus domínios. A equipe palestrina ganhou do Fluminense de virada por 2 a 1, e “aliviou” um pouco a pressão que vinha acontecendo e que acabou culminado com a demissão do técnico Oswaldo de Oliveira.

Outro time que parece estar saindo daquela crise que estava sendo estipulada pela imprensa é o Corinthians. Jogando no Itaquerão (cadê o Andrés Sanchez para ficar nervoso e me rebater, falando que o estádio tem que ser chamado de Arena Corinthians?) ganhou também de virada do Internacional. O placar foi de 2 a 1 para a equipe alvinegra e o gol decisivo foi marcado por Vágner Love.

Um resultado não surpreendente, mas que merece destaque, foi a vitória do Cruzeiro em cima do Vasco em São Januário. O time da Toca da Raposa não tomou conhecimento da equipe cruzmaltina e com dois gols de Leandro Damião, venceu por 3 a 1.

Com o resultado, o técnico Vanderlei Luxemburgo chega a sua terceira vitória em três jogos no comando da equipe e mostra que às vezes, a troca de técnico (Marcelo Oliveira havia sido demitido), pode surtir um grande efeito.

Já o treinador do Vasco, Doriva, está na corda bamba. Será que o presidente da equipe, Eurico Miranda, vai continuar bancando o técnico?

A rodada do Brasileirão deu início na quarta-feira com o empate entre Atlético – MG e Santos.

Copa América: Neymar e mais…Neymar!

brasil_peru_neymar_reuters

A Copa América do Chile que iniciou na última quinta-feira com a vitória da seleção da casa sobre o Equador, tiveram algumas surpresas.

Essas surpresas ficaram por conta do empate entre Argentina e Paraguai, e da derrota da Colômbia para Venezuela.

A seleção de Messi e Cia, ganhava por 2 a 0, mas no final da partida cedeu o empate para os paraguaios. Já a sensação da última Copa do Mundo, foi totalmente surpreendida pela Venezuela (“não há mais bobo no futebol”, já diria o poeta). Para continuar com chances na competição, a Colômbia precisa ganhar sua próxima partida, que será contra o Brasil.

E, por falar em Brasil, a equipe comandada pelo técnico Dunga, ganhou no sufoco o Peru por 2 a 1, de virada.

A seleção peruana começou na frente, após uma falha bizarra de David Luiz (mais uma) e do goleiro Jeferson. O peruano Cueva que não teve nada com a história aproveitou e fez 1 a 0. Porém, Neymar empatou em seguida e no final da partida, deu o passe para que Douglas Costa fizesse o gol da virada e dar um respiro maior para a seleção em seu grupo.

Apesar de Neymar afirmar no final da partida que não joga sozinho, infelizmente o Brasil ainda depende do garoto. Isto aconteceu na Copa do Mundo do Brasil,  e está se repetindo nesta Copa América.

Agora eu pergunto, caro leitor. Até quando vamos depender do Neymar? Não precisamos ter quatro craques, basta termos três, quatro jogadores que chamam a responsabilidade para si quando o jogo da difícil e iremos superar nossos adversários.

Só lembrando que ficou visível a dependência de Neymar na semifinal da Copa do Mundo contra a Alemanha. Não sei se iríamos para a final, mas o Brasil “perdeu” na partida anterior contra a Colômbia (adversário de quarta na Copa América), quando Neymar saiu machucado e horas depois foi constatado que ele estava fora do Mundial.

Que saudade que tenho, independente do resultado final, quando a seleção tinha jogadores como Taffarel, Bebeto Ronaldo, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho, Kaká, Dunga, Cafu, Roberto Carlos e afins. Hoje nos deparamos com chorões como David Luiz, Thiago Silva…

Voltando ao jogo entre Brasil e Colômbia na próxima rodada, teremos o reencontro entre Neymar e Zúñiga. Curioso para saber o que irá acontecer.

 

 

, , , , , , , , , , , , , , ,

About José Rodolfo Pereira

View all posts by José Rodolfo Pereira →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *