Bronze para o Brasil!!!

Etiene Medeiros arranca seu primeiro pódio nos 50 metros livre, e Brasil fecha Mundial na China com 8 medalhas.

Nadadora pernambucana alcança sua oitava medalha em mundiais, em Hangzhou, mas é apenas a primeira em provas de nado livre: “Tenho potencial de estar em 2020”.

Em mais um bom dia para o Brasil no Mundial de piscina curta de Hangzhou, na China, Etiene Medeiros encerrou a coleção de medalhas do país na competição com um bronze nos 50 metros livre.

A primeira brasileira a conquistar ouro em Mundiais (tanto em piscina longa, quanto em piscina curta) alcançou dessa vez um pódio inédito no nado livre.

Todas as outras sete vezes que ficou entre as três melhores do mundo foram em provas no nado costas, seja individualmente ou em revezamentos.

Com as três medalhas deste domingo, a seleção brasileira se despediu da competição com dois ouros e seis bronzes.

“Desculpa, galera. Mas não tem como esquecer essa prova (50 metros costas). Eu sei do meu potencial dos 50 metros livre, é nato isso. É uma prova que deu final olímpica. Fui hoje com a cara e a coragem. É gratificante o esporte porque consegui superar um obstáculo muito difícil para mim. Tem um propósito das coisas acontecerem. Sempre tem um porquê. Mais uma vez essa prova mostrando que tenho potencial de estar em 2020 e brigar por uma medalha. Estou muito feliz. Última prova individual aqui da competição, é muito difícil manter o nível de concentração, não é fácil estar aqui. Isso é o esporte, o brilho do esporte. Obrigada pelo apoio”, comentou Etiene Medeiros.

A pernambucana de 27 anos, que havia avançado à final com o terceiro tempo das semis (23s82), repetiu o bom resultado e garantiu o bronze, com a marca de 23s76.

No alto do pódio, teve dobradinha holandesa, com Ranomi Kronmowidjojo (23s19, recorde de campeonato) e Femke Heemskerk (23s67).

Neste domingo (16), a companheira de quarto de Etiene na China, Daiene Dias, abriu os trabalhos para o Brasil com o bronze nos 100 metros borboleta.

Em seguida, foi a vez de Felipe Lima subir ao pódio nos 50 metros peito, também em terceiro.

Nos outros dias de competição, o país foi bronze com o revezamento 4×100 metros livre masculino, ouro com o 4×200 metros masculino, ouro com Nicholas Santos nos 50 metros borboleta, bronze com Brandonn Almeida nos 400 metros medley e bronze com o revezamento 4×50 metros medley masculino.

Revezamento fica em quarto lugar: Na última participação brasileira no Mundial, os brasileiros Guilherme Guido, Felipe Lima, Nicholas Santos e Breno Correia competiram no revezamento 4×100 metros medley e chegaram perto de dar mais uma medalha para o país.

Depois de um início forte, no entanto, os nadadores não conseguiram acompanhar o ritmo de Estados Unidos, Rússia e Japão, que completaram o pódio, respectivamente.

“Estou muito feliz com os resultados. Essa galera nova está vindo para a gente continuar e ganhar cada vez mais – afirmou Felipe Lima, que momentos antes tinha conquistado a medalha de bronze nos 50 metros peito”.

Guilherme Guido chegou a liderar a prova logo no inicio, mas não conseguiu manter o ritmo forte ao fim dos 100 primeiros metros e entregou em quarto lugar.

O Brasil manteve o desempenho, chegou a cair para quinto, mas se recuperou com Breno Dias, na última parcial e terminou mesmo na quarta posição (3m22s), um segundo atrás da equipe japonesa.

O Brasil encerra a participação no Mundial de Hangzhou em nono lugar no quadro de medalhas, com 8 no total, sendo duas de ouro e seis de bronze:

– Ouro com o 4×200 metros masculino.

– Ouro com Nicholas Santos nos 50 metros borboleta.

– Bronze com o revezamento 4×100 metros livre masculino.

– Bronze com Brandonn Almeida nos 400 metros medley.

– Bronze com o revezamento 4×50 metros medley masculino.

– Bronze com Daiene Dias nos 100 metros borboleta.

– Bronze com Felipe Lima nos 50 metros peito.

– Bronze com Etiene Medeiros nos 50 metros livre.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *