BRASILIENSE VOLTA A FINAL DEPOIS DE 4 ANOS

O Brasiliense venceu a segunda partida das semifinais pelo placar de 4 a 1, sem dar chances ao Sobradinho. Depois de 4 anos, volta a disputar uma final contra o Ceilândia.

Nos primeiros minutos de jogo, o Brasiliense partiu para cima do Leão da Serra, conseguiu marcar um gol e desperdiçar um pênalti.

Logo aos 10 minutos do primeiro tempo, Souza fez o lançamento e encontrou Wallace dentro da área.

Olhou para a área e cruzou a meia altura para Nunes completar.

Brasiliense 1 a 0.

Gerson começou a jogada tocou em Nunes que ao fazer o drible em China cometeu pênalti. Souza telegrafou a cobrança e o goleiro Leonardo fez a defesa, espalmando para escanteio.

O goleiro Andrey do Brasiliense fez duas grandes defesas à queima roupa. Primeiro com Betinho, depois Paulo Henrique.

O segundo gol, saiu aos 37 minutos do primeiro tempo. Souza cobrou o escanteio e o zagueiro Preto Costa marcou o gol.

O goleiro Leonardo e o zagueiro Gonzaga tentaram salvar em vão.

Brasiliense 2 a 0.

O Sobradinho chegou a descontar, aos 45 minutos do primeiro tempo.

China fez um cruzamento e a bola foi em direção ao gol, o goleiro Andrey se atrapalhou e a bola entrou no lado esquerdo.

No segundo tempo, com uma vantagem no placar, o Jacaré dominou os primeiros minutos, mesmo com as mudanças do técnico do Sobradinho.

Aliás, o Brasiliense chegou ao terceiro gol. Patrick recebeu no lado direito fez o cruzamento e o zagueiro Gonzaga cortou com a mão, e o árbitro marcou pênalti.

Nunes cobrou com categoria no canto esquerdo, deslocando o goleiro, aos 18 minutos do segundo tempo.

O Sobradinho tentou algumas jogadas de forma desordenada.

Betinho chegou a marcar, mas com a mão não vale, e recebeu o cartão amarelo.

Outro que tentou o gol com a mão foi Nunes, que já tinha cartão amarelo e foi expulso desfalcando a equipe na primeira partida da final.

E aos 48 minutos do segundo tempo, lançamento do campo de defesa, Márcio Diogo invadiu a área e na saída do goleiro Leonardo rolou a bola para Patrick que quase sem ângulo marcou o quarto.

O Brasiliense fez 6 a 2 no Sobradinho no placar agregado e de forma justa chegou à decisão.

Além, da vaga na final, o Jacaré disputará a Copa Verde, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro da Série D em 2018.

O Leão da Serra, por sua vez, termina o calendário em 2017, e no próximo ano jogará a Copa Verde e o Candangão.

Final, Brasiliense-DF classificado 4 Sobradinho-DF eliminado 1.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *