BRASILEIROS DE OLHO

Eis um bom recado para o Santos, que estreia na Libertadores do América no dia 9 de março: tome cuidado com o The Strongest.

O confronto entre as duas equipes sequer é certo, já que os bolivianos ainda terão que decidir a vaga em mais um jogo contra o Unión Española.

Mas, todo tipo de cautela é pouco com essa equipe comandada pelo técnico César Farías.

Na noite desta quinta-feira (16), o The Strongest só não venceu o Unión no Chile porque bobeou no apagar das luzes: Churín arrancou o empate em 1 a 1 aos 47 minutos do segundo tempo.

Os visitantes, no entanto, deram trabalho do início ao fim do jogo, chegaram ao gol com o arisco e perigoso Chumacero e deram um passo considerável rumo à fase de grupos da competição continental.

The Strongest e Unión Española voltam a se enfrentar na quinta-feira da semana que vem, dia 23.

A partida acontece às 21 horas (de Brasília), no Estádio Hernando Siles, em La Paz, na Bolívia.

Um empate sem gols dá a vaga aos bolivianos, enquanto um novo 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis.

O time que vencer avança e entra no Grupo 2.

Final, Unión Española (Chile) 1 The Strongest (Bolívia) 1.

Na busca por uma vaga no Grupo 4 da Libertadores do Palmeiras as duas equipes mostraram pouca vontade de vencer e muitos erros.

Mandante, o Junior Barranquilla foi superior e colocou o goleiro argentino Luccheti para trabalhar.

Foram duas defesas plásticas em chutes do atacante Ovelar e outra na cabeçada de Cuesta.

O gol de Aponzá garantiu vantagem aos colombianos no jogo da volta. Antes, Acosta chegou perto de mudar o resultado final, com uma finalização de fora da área na trave.

O jogo de volta será na próxima quinta-feira às 19h15 (de Brasília) no Estádio Monumental José Fierro.

Com o resultado, o Junior Barranquilla pode até perder na Argentina, caso faça gols.

Já o Atlético Tucumán precisa vencer por dois gols de diferença para não levar a decisão para os pênaltis.

Final, Junior Barranquilla (Colômbia) 1 Atlético Tucumán (Argentina) 0.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *