BRASIL VENCEU O CRICIÚMA

Nesta terça-feira (14), pelo Grupo A em Pelotas, no Estádio Bento Freitas, o Xavante venceu o Criciúma e entrou na briga pela classificação.

Os catarinenses foram com um time alternativo para o jogo contra o Brasil.

Com muitos jovens o Criciúma sentiu a pressão dos donos da casa.

E aos 28 minutos do primeiro tempo, Carlos Eduardo tentou o recuo de cabeça, mas acabou entregando de presente para Gustavo Papa finalizar à queima-roupa e colocar o time da casa em vantagem.

Brasil de Pelotas 1 a 0.

Não demorou muito, e aos 41 minutos do primeiro tempo, cruzamento para a área a defesa do Criciúma afastou errado.

O atacante Gustavo Papa antecipou ao zagueiro Chico dentro da pequena área e cabeceou com precisão no ângulo para fazer seu segundo.

Brasil 2 a 0.

No segundo tempo, o Criciúma voltou diferente na marcação, e assustou o goleiro Carlos Eduardo.

Aos 40 minutos do segundo tempo, Carlos Eduardo cobrou com pefeição, no ângulo, do goleiro do Brasil e diminuiu para o Criciúma.

Depois de bela participação na partida, mas ter falhado no primeiro gol do Xavante, o lateral marcou e se emocionou demais.

Tudo vai ficar para a última rodada do Grupo A.

O Criciúma é o único time que vai cumprir tabela.

No dia 23 de fevereiro, recebe o Internacional já classificado no Heriberto Hülse.

Já o Brasil enfrenta o Fluminense fora de casa em 1º de março.

Será uma briga direta pela vaga para ficar com uma das vagas.

Enquanto o Colorado soma seis pontos, Xavante e Fluminense têm três, com o time carioca na frente pelo critério de desempate (neste caso, cartões vermelhos).

O Tigre segue sem pontuar.

Final, Brasil de Pelotas-RS 2 Criciúma-SC 1.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *