BRASIL GOLEOU E ITÁLIA VENCEU EM MANUAS

A estreia de Emily Lima à frente da seleção brasileira feminina não poderia ser melhor.

O Brasil atropelou a Costa Rica e venceu por 6 a 0, nesta quarta, às 22h15 (de Brasília), na Arena da Amazônia, na estreia da equipe no Torneio Internacional de Manaus.

Destaques para Bia e Gabi, que marcaram duas vezes cada uma. Os outros dois foram marcados por Tamires e Andressinha.

Com a goleada, o Brasil assume a liderança da competição, com três pontos e seis gols de saldo (três a mais que a Itália).

Na próxima rodada, domingo, dia 11, a seleção brasileira encara a Rússia, ás 16h45 (18h45 de Brasília), na Arena da Amazônia.

A Costa Rica, lanterna, enfrenta a Itália, no mesmo dia e local, às 14h30 (16h30 de Brasília).

A primeira etapa foi um jogo de ataque contra defesa.

Melhor tática, física e tecnicamente, a seleção brasileira controlou a partida desde o primeiro minuto. Se estava difícil penetrar na área adversária, a equipe, pacientemente, rodava a bola de pé em pé, sem dar chutões.

De tanto pressionar, o primeiro gol saiu naturalmente, aos 25 minutos. Andressinha recebeu passe após escanteio, carregou para dentro e chutou de fora, no ângulo da goleira Dinia.

As costa-riquenhas sentiram o baque, e não tardou para o Brasil ampliar.

Três minutos depois, a lateral Fabiana cruzou na medida para Tamires, livre de marcação, cabecear para o fundo das redes.

O segundo gol contou com os dez dedos de Emily Lima.

O passe de uma lateral a outra evidenciou a nova característica do time canarinho: laterais que atuam quase como alas no setor ofensivo.

O terceiro gol saiu nos acréscimos. Formiga, que está se despedindo da seleção, cruzou na cabeça de Gabi marcar de cabeça.

O Brasil começou ainda mais avassalador na segunda etapa.

Antes dos 10 minutos, o placar já apontava 5 a 0.

Aos dois, Tamires cruzou na área, e Gabi, mais uma vez, marcou de cabeça.

Seis minutos depois foi a vez de Bia roubar a bola, invadir a área e tirar da goleira rival para fazer o quinto do time canarinho.

E se engana quem pensa que a equipe pisou no freio.

Ainda em ritmo intenso, o time aumentou aos 28.

Bia recebeu passe açucarado de Fabiana e, com frieza, tirou da goleira rival.

Depois, Emily realizou diversas substituições para testar o elenco. Com isso, o ritmo caiu, mas a seleção administrou o resultado até o final.

Final, Brasil 6 Costa Rica 0.

A seleção italiana, comandada por Antonio Cabrini, mostrou que é uma das favoritas a conquistar o título do Torneio Internacional de Manaus.

As meninas da Azzurra venceram a Rússia por 3 a 0, nesta quarta, às 17h30 (19h30 de Brasília), em partida que tiveram o total domínio na Arena da Amazônia, em Manaus. Gama, Bergamaschi e Gabbiardini marcaram os gols da Itália.

Primeiro tempo de domínio total da Itália.

Com marcação precisa e saída de bola com muita qualidade, as italianas resumiram o jogo russo a tentativas de não tomar gol. Não funcionou.

Aos 15 minutos, Sara Gama abriu o placar, após duas chances claras perdidas por suas companheiras.

Depois do gol o cenário não mudou. As italianas continuaram pressionando e se não fosse pela imprecisão da capitã Melania nas finalizações, o placar seria até mais elástico.

No segundo tempo, Itália e Rússia se distanciaram ainda mais.

Conforme o desgaste físico foi batendo, as russas começaram a falhar em jogadas simples, sem conseguir levar praticamente nenhum perigo à meta das italianas, que por sua vez, dominaram o jogo com extrema tranquilidade e fizeram os gols naturalmente. Bergamaschi e Gabbiardini deram número finais a um jogo de ritmo lento, mas com bons lampejos de ambas equipes.

A organização tática da equipe italiana, que acabou garantindo uma vitória tranquila, deve ter sido um dos pontos que mais agradaram o técnico Antônio Cabrini, que terá a Costa Rica como próxima adversária.

Final, Itália 3 Rússia 0.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *