BRASIL É PENTA!!!

O Brasil derrotou o Japão por 3 sets a 0 na manhã deste domingo (17), parciais de 25/17, 25/15 e 25/22 em 1h25 de jogo, e conquistou o pentacampeonato da Copa dos Campeões em Osaka.

Foi o segundo título da seleção masculina de vôlei sob o comando do técnico Renan Dal Zotto, que substituiu Bernardinho no cargo no início de 2017 após 16 anos à frente do grupo.

O central Lucão foi um dos destaques da equipe.

Ele fez 16 pontos e saiu de quadra como maior pontuador.

Lucarelli foi eleito o MVP da competição.

“Nossa equipe entrou em quadra muito focada sabendo da qualidade do Japão e mostrando respeito por eles.

A nossa agressividade no saque fez a diferença desde o início.

Conseguimos vencer os dois primeiros sets com uma certa tranquilidade, mas no terceiro set o Japão nos pressionou no saque, defendeu muito, teve êxito e dificultou nossas ações.

Estamos muito felizes.

Para nós, todas as competições são importantes.

Trabalhamos muito nessa temporada e merecemos esse título.

Agora vamos celebrar”, disse o capitão Bruninho.

Campeão também em 1997, 2005, 2009 e 2013, o Brasil segue como maior vencedor da Copa dos Campeões competição realizada desde 1993 no Japão sempre no ano seguinte aos Jogos Olímpicos.

A seleção ganhou cinco das sete edições já realizadas.

A Itália, que bateu os Estados Unidos no início da rodada por 3 sets a 1, terminou com a mesma pontuação do Brasil e acabou com o vice-campeonato nos critérios de desempate.

O terceiro lugar ficou com a seleção do Irã, que derrotou a França por 3 a 2.

A seleção brasileira disputou a Copa dos Campeões com os levantadores Bruninho e Raphael, os opostos Wallace e Renan, os centrais Lucão, Maurício Souza, Otávio e Renan, os ponteiros Lucarelli, Maurício Borges, Douglas e Rodriguinho e os líberos Tiago Brendle e Thales.

A temporada 2017 contou com três competições: Liga Mundial, Campeonato Sul-Americano e Copa dos Campeões.

Renan dirigiu a equipe no percurso para a conquista de duas medalhas de ouro e uma de prata.

Os melhores do Campeonato:

Melhor levantador – Giannelli (Itália)

Melhor oposto – Anderson (Estados Unidos)

Melhores centrais – Piano (Itália) e Lucão (Brasil)

Melhores ponteiros – Lucarelli (Brasil) e Ebadipour (Irã)

Melhor líbero – Ide Satoshi (Japão)

Melhor jogador do campeonato: Lucarelli (Brasil)

Brasil 3 X 0 Japão

Brasil – Bruno, Wallace, Maurício Souza, Lucão, Lucarelli e Maurício Borges.

Líbero – Thales

Entraram – Tiago Brendle, Renan, Raphael

Técnico: Renan

Japão – Otake Issei, Fujii Naonobu, Yamauchi Akihiro, Yamada Shuzo, Ri Haku e Onodera Taishi.

Líbero – Ide Satosh

Entraram – Fukatsu Hideomi, Dekita Takashi, Yanagida Masahiro e Yamamoto Shohei

Técnico: Nakagaichi Yuichi

Campanha do Brasil:

12.09 – França 0 X 3 Brasil (25/27, 25/27 e 22/25)

13.09 – Brasil 2 X 3 Itália (25/15, 25/27, 25/27, 25/18 e 12/15)

15.09 – Irã 0 X 3 Brasil (22/25, 19/25 e 15/25)

16.09 – Estados Unidos 2 X 3 Brasil (24/26, 25/15, 20/25, 25/21 e 13/15)

17.09 – Brasil 3 X 0 Japão (25/17, 25/15 e 25/22)

Classificação Final:

1º Colocado – Brasil

2º Colocado- Itália

3º Colocado- Irã

4º Colocado- Estados Unidos

5º Colocado- França

6º Colocado- Japão

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *