Brasil conquistou o duodecacampeão!!!

A Seleção Brasileira de Beach Soccer derrotou o Paraguai por 7 a 3 na noite deste sábado (10) e chegou, de forma invicta, ao décimo segundo título da Copa América.

Filipe (2), Rodrigo (3), Rafinha e Antonio fizeram os gols da vitória brasileira na arena montada no Boulevard da Ásia, em Lima, no Peru.

No confronto decisivo, o Brasil saiu na frente com menos de um minuto de jogo.

Filipe abriu o placar após falha do goleiro adversário.

Aos 6 minutos do primeiro tempo, veio o empate paraguaio em cobrança de pênalti do camisa 6, Moran.

A resposta brasileira foi imediata, na saída de bola, Rodrigo estufou as redes retomando o placar para a Canarinho.

Já no segundo período, depois de uma bela troca de passes entre Datinha e Rodrigo, Rafinha marcou o terceiro gol brasileiro.

Para ampliar ainda mais a vantagem verde e amarela, Rodrigo apareceu novamente.

O camisa 9 girou e bateu bonito, sem chances para a defesa.

A reação adversária começou com um golaço do goleiro Gonzalez: 4 a 2.

Logo no início da terceira etapa, o Paraguai marcou o terceiro com o camisa 10, Zayas. Pressionada, a Seleção Brasileira se defendeu.

Com menos de 3 minutos para acabar a grande decisão, Rodrigo fez o quinto do Brasil e seu terceiro no jogo.

Sem pressa, a equipe de Gilberto Costa administrou o placar e aproveitou as oportunidades.

De perna direita, Antonio mandou um bomba para o fundo das redes para fazer o sexto gol brasileiro.

Sacramentando a vitória, Filipe fez mais um, dessa vez de calcanhar: 7 a 3 e taça garantida.

Com o título, a Seleção Brasileira manteve sua hegemonia na Copa América.

São 12 conquistas em 12 edições do torneio.

Além disso, a Canarinho chegou a uma invencibilidade de 57 jogos.

Confira a campanha brasileira rumo ao título:

Primeira Fase:

Brasil 7 X 2 Colômbia

Brasil 4 X 0 Argentina

Brasil 13 X 1 Chile

Brasil 10 X 6 Paraguai

Semifinal

Brasil 6 X 2 Equador

Final

Brasil 7 X 3 Paraguai

Reportagem: CBF.com.br

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *