BRAGA E JEC FICARAM NO EMPATE

Neste domingo (3), pela décima sétima rodada da Série C, Bragantino e Joinville empataram em 1 a 1 no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

O resultado não agradou nenhuma das duas equipes.

Com 18 pontos, o time paulista desperdiçou a chance de deixar a zona de rebaixamente e vai decidir a permanência na última rodada.

Já o Tricolor se livrou da degola, mas segue distante do G-4.

Na sétima posição do Grupo B, os catarinenses estão a dois pontos do Volta Redonda, quarto colocado.

No primeiro tempo, o Bragantino ficou muito perto de sair na frente do confronto, aos 21 minutos do primeiro tempo, em cobrança de pênalti, mas Anderson Ligeiro acertou o travessão.

O Joinville foi mais eficiente e, aos 28 minutos do primeiro tempo, Grampola abriu o placar de cabeça, 1 a 0.

Na volta do intervalo, o time paulista chegou ao empate logo aos 2 minutos do segundo tempo com Gilberto.

Apesar do maior volume de jogo, o Bragantino parou no travessão nos acréscimos com Felipe Silva e não alcançou a virada.

Neste domingo (3), o Confiança emendou a terceira vitória seguida na Série C ao vencer o confronto direto com o Fortaleza por 2 a 0 em Aracaju.

Com a arrancada, o Dragão colou no G-4 do Grupo A e vai entrar na última rodada com chances de classificação.

O triunfo colocou o time sergipano em quinto lugar com a mesma pontuação (22) do Remo, quarto colocado.

Com 24 pontos, o Tricolor segue na terceira posição.

No Lourival Baptista, o Confiança dominou as ações da partida desde o início.

O time sergipano saiu na frente aos 35 minutos do primeiro tempo.

Após cruzamento de Radar, Everton abriu o placar de cabeça.

Na volta do intervalo, os donos da casa ampliaram aos 4 minutos do segundo tempo.

O Dragão aproveitou a saída de bola equivocada do Fortaleza e Tito não perdoou, 2 a 0.

Reportagem: CBF.com.br

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *