BRAGA E AZULÃO NA ELITE DO PAULISTÃO

Rebaixado ao Campeonato Paulista da Série A2 em 2015, o Bragantino está de volta à elite do futebol paulista.

E o acesso veio com emoção.

Na tarde desta terça-feira (2), o Massa Bruta foi derrotado pelo Água Santa por 1 a 0 no tempo regulamentar, no estádio Distrital do Inamar, em Diadema.

Como o Braga venceu a primeira partida da semifinal pelo mesmo placar, a decisão foi para os pênaltis.

Nas penalidades, o Bragantino garantiu a vitória por 5 a 3.

Bruno Smith desperdiçou a quarta cobrança do Netuno e deixou a decisão para Rodrigo Paulista.

O camisa 16 bateu rasteiro no canto esquerdo e fez o gol que garantiu o retorno do Massa Bruta à elite.

O Rio Claro teve a posse de bola no Anacleto Campanella, o São Caetano teve objetividade, venceu por 3 a 0, na noite desta terça-feira (2) e, sem sustos, conseguiu a tão sonhada volta ao Paulistão, de onde saiu em 2013.

No primeiro tempo, o Azulão abriu o placar logo aos quatro minutos, em cobrança de falta de Alex Reinaldo na cabeça do volante Régis.

O Rio Claro tentou se recompor, ocupou o campo do Azulão, mas, quando deu espaço para o contragolpe, levou o segundo.

Em cobrança de escanteio de Alex Reinaldo, o zagueirão Odair Lucas colocou de cabeça contra o patrimônio.

No início do segundo tempo, aos quatro minutos, Régis, de novo, e de cabeça mais uma vez, fez o terceiro gol do São Caetano e encerrou com qualquer possibilidade de o Galo Azul tentar uma reação.

A final será no próximo sábado (6), às 19h30, no Estádio Anacleto Campanela, em São Caetano do Sul.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *