BOLIVIANOS PUNIDOS NAS ELIMINATÓRIAS

A Bolívia foi punida pela Fifa por usar irregularmente, o volante Nelson Cabrera, nos jogos contra Peru e Chile, disputados no mês de setembro, válidos pelas Eliminatórias Sul-Americanas.

Jogador do Bolívar desde 2013, o atleta de 33 anos não cumpriu a exigência da Fifa na qual diz que um atleta precisa ter morado pelo menos cinco anos consecutivos em seu novo país para ser naturalizado.

Com isso, a Federação Boliviana foi punida pela Fifa.

Os bolivianos também foram multados em 12 mil francos suíços (R$ 39,6 mil).

A Bolívia havia conquistado bons resultados, vencendo os peruanos e empatando, fora de casa, com os chilenos.

A entidade que rege o futebol mundial decidiu que os jogos, automaticamente, se tornassem vitórias dos rivais dos bolivianos, pelo placar de 3 a 0.

Com isso, a equipe boliviana comandada por Ángel Guillermo Hoyos perdeu quatro pontos, mantendo o nono lugar, mas agora com apenas quatro pontos na tabela.

O resultado teve mudanças importantes na classificação.

O Peru, que ganhou três pontos, subindo a 11 pontos na tabela, ainda em oitavo lugar.

O Chile foi ainda mais beneficiado, onde conquistou mais dois pontos na classificação, suficientes para alçar o time ao quinto lugar, da zona de classificação a repescagem.

Antes, os atuais bicampeões da Copa América estavam em sétimo.

A Argentina porém foi a maior prejudicada, caiu da quinta posição para a sexta.

E caso as Eliminatórias terminassem neste momento, estariam fora da Copa do Mundo.

Na próxima rodada, os comandados de Edgardo Bauza vem ao Brasil, encarar a Seleção de Tite, e o jogo ganhará contornos de dramaticidade.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *