BOA ABRINDO VANTAGEM

Neste sábado (15), começou a fase de semifinal do Campeonato Brasileiro da Série C, e a primeira partida foi entre Juventude e Boa Esporte no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

Na primeira etapa, com sete jogadores poupados, o Juventude sentiu o entrosamento.

O Boa teve um início arrasador e abriu 2 a 0.

Logo com 1 minuto do primeiro tempo, Daniel Cruz foi à linha de fundo pelo lado direito e fez o cruzamento rasteiro.

A bola passou por toda a defesa do Juventude e Fellipe Mateus sozinho completou para o gol.

Boa 1 a 0.

Aos 5 minutos do primeiro tempo, Romano roubou a bola no meio-campo, avançou e tocou em Daniel Cruz chutar no ângulo esquerdo do goleiro Elias.

Boa 2 a 0.

O time de Varginha poderia ter ampliado ainda mais o placar frente ao Juventude, mas pecou nas finalizações.

No segundo tempo, o Boa continuou explorando os contra-ataques.

E teve um gol bem anulado.

Braian Samúdio, de cabeça, colocou no gol após cruzamento do lado esquerdo, mas o auxiliar assinalou impedimento e invalidou o que seria o terceiro gol.

Aos 27 minutos do segundo tempo, Sananduva pegou o rebote na entrada da área, fez o drible no defensor num giro típico de futsal e concluiu no canto direito do goleiro Daniel.

Com o resultado, o Boa Esporte pode até perder por 1 a 0 no jogo de volta que garante classificação à decisão, em função do saldo de gols qualificado.

Já o Juventude precisa vencer por dois gols de vantagem ou até por um, desde que marque três ou mais.

Caso os gaúchos vençam por 2 a 1, a decisão será nos pênaltis.

O jogo de volta está marcado para o próximo sábado, às 21 horas, no Estádio Municipal de Varginha.

Antes na quarta-feira (19), o Juventude enfrenta o Atlético-MG, pelas quartas de final da Copa do Brasil, no Estádio Alfredo Jaconi, às 19h30.

No primeiro jogo vitória do Galo por 1 a 0.

Final, Juventude-RS 1 Boa Esporte-MG 2.

Neste domingo (16), jogam pelas semifinais ABC e Guarani, no Frasqueirão, às 21 horas.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *