ATLÉTICO DE MADRID E MANCHESTER CITY NA FRENTE

Nesta terça-feira (21), mais dois jogos das oitavas de final.

Na Leverkusen Arena, os espanhóis do Atlético de Madrid conseguiram uma grande vitória fora de casa, e levam vantagem para o jogo de volta.

Aos 16 minutos do primeiro tempo, Saúl Ñíguez avançou pelo lado direito, invadiu a área e limpou a zaga do Bayer Leverkusen.

Caprichou na finalização e acertou o ângulo do goleiro Leno, que viu a bola morrer no fundo das redes.

Atlético 1 a 0.

Aos 24 minutos do primeiro tempo, Dragović errou ao cortar no meio de campo e permitiu o contra-ataque de Gameiro.

Contra dois adversários, levou a bola na habilidade até a área.

E apenas rolou para o camisa 7, Griezmann mandar um chute indefensável para o goleiro Leno segurar.

Atlético 2 a 0.

Aos 2 minutos do segundo tempo, Bellarabi começou a jogada na intermediária, tocou para o lado e invadiu a área para receber cruzamento de Henrichs.

Deu só um desvio e mandou para o fundo das redes.

Descontando para o Leverkusen.

Gameiro estava demais.

Recebeu na ponta direita, colocou entre as pernas de Dragovic e foi derrubado ao entrar na área.

Aos 13 minutos do segundo tempo, Gameiro cobrou o pênalti e chutou no meio do gol, enquanto o goleiro Leno saltou no canto direito.

Atlético 3 a 1.

Aos 22 minutos do segundo tempo, Savic fez gol contra.

O Leverkusen diminuiu num lance quase despretensioso.

Brandt cruzou do lado esquerdo da esquerda, o goleiro Moya rebateu, mas acertou a bola no joelho do zagueiro montenegrino, que mandou contra o próprio patrimônio.

E aos 40 minutos do segundo tempo, Fernando Torres que tinha acabado de entrar marcou o quarto gol do Atlético.

Griezmann chegou aos 13 gols na Liga dos Campeões e superou Luis Aragonés como maior artilheiro do Atlético de Madrid na competição.

O jogo de volta será dia 15 de março no Vicente Calderón, em Madrid, às 16h45.

O time espanhol pode até perder por 2 gols de diferença desde que seja, 2 a 0 ou 3 a 1.

Final, Bayer Leverkusen (Alemanha) 2 Atlético de Madrid (Espanha) 4.

Em Manchester, o time da casa saiu na frente aos 26 minutos do primeiro tempo.

A jogada começou com Sané que passou por dois jogadores do Mônaco, e a bola ficou com David Silva que devolveu em Sané.

O camisa 29 fez o cruzamento para Sterling marcar.

Manchester 1 a 0.

Aos 31 minutos do primeiro tempo, Fabinho recuperou a bola no meio de campo após saída errada do goleiro Caballero, cruzou na área e Falcao García apareceu livre para deixar tudo igual em Manchester.

Os franceses viraram o jogo, aos 39 minutos do primeiro tempo, Fabinho deu um belo passe para Mbappé.

Mônaco 2 a 1.

No início do segundo tempo, o Mônaco poderia ter ampliado.

Mendy cruzou na área, Falcao García tentou finalizar e foi derrubado por Otamendi.

O árbitro atrás do gol que avisou sobre a penalidade.

Aos 4 minutos do segundo tempo, Falcao García bateu mal e o goleiro Caballero defendeu.

Aos 12 minutos do segundo tempo, o City chegou ao empate.

Falcao García errou o passe, Sterling recuperou, puxou o contra-ataque e tocou em Kun Agüero.

O atacante do City entrou na área, chutou e o goleiro Subasic aceitou, levou um frango daqueles.

Aos 14 minutos do segundo tempo, Falcao García recebeu pelo lado esquerdo, ganhou de Stones e tocou por cobertura na saída do goleiro Caballero.

Um golaço, Mônaco 3 a 2.

Aos 25 minutos do segundo tempo, o City chegou ao empate novamente em 3 a 3.

Kun Agüero aproveitou cobrança de escanteio de De Bruyne, pegou de primeira, fez outro belo gol na partida e correu para o abraço.

Aos 31 minutos do segundo tempo, virado do City.

Stones aproveitou desvio de Yaya Touré em cobrança de escanteio, tocou para o gol.

Manchester City 4 a 3.

E aos 36 minutos do segundo tempo, Sané recebeu uma bela assistência de Kun Agüero e apenas completou para o gol.

Uma linda jogada do City.

Vale lembrar que o gol marcado fora de casa é critério para desempate.

Portanto, em caso de empate em saldo de gols nos dois jogos, que mais balançar as redes na casa do adversário avança para as quartas de final.

Para conseguir a vaga, basta ao Mônaco uma vitória na partida de volta, dia 15 de março, por dois gols de diferença.

Porém, caso vença por dois gols de diferença, mas com um placar igual ou superior a 6 a 4, por exemplo, o time de Guardiola fica com a vaga.

O City pode perder por um gol de diferença ou empatar que também se classifica.

Final, Manchester City (Inglaterra) 5 Mônaco (França) 3.

Nesta quarta-feira (22), os últimos dois jogos de ida das oitavas de final.

No Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilla, na Espanha jogam Sevilla(Espanha) X Leicester City (Inglaterra) e Porto (Portugal) X Juventus (Itália), no Estádio do Dragão, em Porto, Portugal.

As duas partidas são às 16h45, no horário de Brasília.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *