Artilheiro e ‘garçom’ em 2016, Carmona volta ao Paulistão com atuação de gala contra o São Paulo

Artilheiro e ‘garçom’ em 2016, Carmona volta ao Paulistão com dois gols e assistência

O meia Pedro Carmona foi um dos grandes destaques da goleada imposta pelo Grêmio Osasco Audax, por 4 a 2 contra o São Paulo no último domingo (5), tendo marcado duas vezes e dado uma assistência. Foi à volta de Carmona ao Campeonato Paulista, onde atuou em 2016 por outro Grêmio, o Novorizontino, sendo artilheiro e líder do ranking de passes a gol da equipe.

– É sempre importante fazer gols e participar dos gols do time, mas aqui ninguém rende sozinho. Pelo sistema que jogamos, o conjunto tem que funcionar para que estas oportunidades surjam com mais frequência. Meu primeiro gol na partida foi o gol mais bonito coletivamente que já participei. Quero ser campeão, mas não gosto de pensar em longo prazo, tem que ser passo a passo, jogo a jogo. Conseguimos uma boa vitória, mas temos muito que fazer – disse Pedro.

No começo de 2016, o meia desembarcou em Novo Horizonte após boa passagem pelo Náutico e deixou o time no final do último Paulistão com bons números. Principal artilheiro (seis gols em 11 jogos) e assistente, além de ter sido, segundo dados do Footstats, o atleta que mais finalizou a gol (43,3% dos arremates), terceiro que mais cruzou e quinto maior driblador do Novorizontino.

Agora no Audax, Pedro Carmona quer repetir o bom desempenho no estadual, porém frisa que o sistema de jogo de Fernando Diniz valoriza o coletivo em primeiro lugar.

– O sistema dele é feito para o time inteiro funcionar e não tem espaço para individualismo. Primeiro vem o time e depois, como consequência, os destaques individuais. Com o conjunto funcionando, tem tudo para muita gente se destacar, independentemente da posição.

Mesmo sendo o dia seguinte de uma grande vitória, o Audax já muda a chave e se concentra em outra competição. O clube de Osasco recebe o América-RN no Estádio Municipal José Liberatti, nesta quarta-feira (8) às 20h30, em partida válida pela primeira fase da Copa do Brasil. Com um novo regulamento para esta temporada, os clubes disputam a classificação em jogo único, sendo que o time visitante tem a vantagem do empate.

– Essa é a rotina da maioria dos times no brasil, um jogo atrás de outro e muitas vezes, uma decisão atrás da outra. O calendário é assim todo ano e não há tempo pra descansar. Muito menos comemorar vitórias, vamos para cima. – afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *